Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/280850
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: As relações entre o Banco Mundial e os Estados Unidos : o enfoque no alívio da pobreza e a expansão do modo de produção capitalista
Title Alternative: The relationship between the World Bank and the U. S. A. : the poverty relief and the expansion of the capitalist mode of production
Author: Castro, Luiza Carnicero de, 1977-
Advisor: Moraes, Reginaldo Carmello Corrêa de, 1950-
Abstract: Resumo: O trabalho tem o objetivo de refletir as relações entre o Banco Mundial e o Estado dos Estados Unidos, valendo-se do conceito de capitalista coletivo elaborado por Marx e Engels. A intenção é nos ater em dois períodos singulares da história da instituição, quando esta lidou com a questão do alívio da pobreza: durante a gestão de McNamara (1968-1980) e ao longo da década de 1990. Tais ocasiões foram igualmente especiais por terem testemunhado fortes conflitos entre o Estado dos Estados Unidos e o Banco. A nosso ver, essas divergências acusam uma autonomia da instituição em relação à Casa Branca. A analogia com o conceito de capitalista coletivo se justifica, assim, pela suposição de que o Banco se ocuparia com os interesses de longo prazo do Estado estadunidense. Este, por sua vez, tenderia a se deter nos aspectos mais imediatos de sua liderança global, sobretudo nas ocasiões de incerteza

Abstract: This research aims to investigate the relationship between the World Bank and the State of U.S.A, using the concept of "capitalist collective", by Marx and Engels. We will study two peculiar moments of the institution history, when it focused in the poverty alleviation: during the presidency of McNamara (1968-1981) and in the 1990s. These periods were also special because there was a lot of conflict between the Bank and the State of U.S.A. We believe that the cause of the conflicts may be the autonomy of the institution. The analogy with the concept of "capitalist collective" is, therefore, explained by our presumption that the Bank is responsible for the long term interests of the White House. The latter would aim her short term interests, connected with her global leadership, specially in occasions of uncertainty
Subject: Banco Mundial
Capitalismo - Estados Unidos
Desenvolvimento econômico
Estado
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2011
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Castro_LuizaCarnicerode_D.pdf6.64 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.