Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/28085
Type: Artigo de periódico
Title: Estudo retrospectivo da abordagem das fraturas nasais no Hospital de Clínicas da Unicamp
Title Alternative: Retrospective analysis of the approach to nasal fractures at Unicamp Clinical Hospital
Author: Borghese, Bruna
Calderoni, Davi Reis
Passeri, Luis Augusto
Abstract: INTRODUCTION: Nasal fractures are common injuries, frequently considered to be minor. Nevertheless, they may cause significant damage, from both a functional and aesthetic perspective. METHODS: Medical records of 144 patients admitted for nasal fracture treatment between February 2002 and October 2008 to the Plastic Surgery Area of the Unicamp Clinical Hospital were analyzed. RESULTS: Patients were predominantly male (75.7%), with a male to female ratio of 3.1:1. The most number of cases was observed in 21 to 30 year olds, and the majority of fractures (31.8%) were caused by physical aggression. Closed reductions were performed on all patients under local and topical anesthesia after an average of 8 days. Among the studied patients, 31 experienced residual deformity. CONCLUSIONS: Patients typically affected by nasal fractures are young male adults. Closed reduction surgical treatment yields acceptable results, with correct injury evaluation and treatment timing.
INTRODUÇÃO: As fraturas nasais são lesões de grande incidência, frequentemente consideradas de menor importância. No entanto, podem trazer prejuízos importantes do ponto de vista tanto funcional como estético. MÉTODO: Foram analisados prontuários médicos de 144 pacientes submetidos a tratamento de fratura nasal na Área de Cirurgia Plástica do Hospital de Clínicas da Unicamp, no período de fevereiro de 2002 a outubro de 2008. RESULTADOS: Observou-se predomínio de pacientes do gênero masculino (75,7%), com proporção entre gêneros masculino e feminino de 3,1:1. A faixa etária mais acometida foi aquela entre 21 anos e 30 anos de idade. A maioria das fraturas (31,8%) foi causada por agressão física. Todos os pacientes foram tratados por meio de redução fechada, sob anestesia local e tópica, após um período médio de 8 dias. Entre os pacientes analisados, 13 evoluíram com deformidade residual. CONCLUSÕES: O paciente tipicamente afetado pelas fraturas nasais é o indivíduo adulto jovem e do gênero masculino. O tratamento cirúrgico por meio de redução fechada promove resultados aceitáveis, se respeitados os princípios de avaliação correta da lesão e do momento de indicação do tratamento.
Subject: Nariz
Osso nasal
Traumatismos faciais
Nose
Nasal bone
Facial injuries
Editor: Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S1983-51752011000400012
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S1983-51752011000400012
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1983-51752011000400012
Date Issue: 1-Dec-2011
Appears in Collections:Unicamp - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S1983-51752011000400012.pdf608.41 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.