Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/280716
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: A sedução interrompida : sexualidade e poder em narrativas árabe-muçulmanas sobre a circuncisão feminina
Title Alternative: The interrupted seduction : sexuality and power in Arab-Muslim narratives on female circumcision
Author: Venchi, Mariane
Advisor: Corrêa, Mariza, 1944-2016
Abstract: Resumo: Este estudo de cunho antropológico problematiza práticas agressivas impostas ao corpo feminino em sociedades muçulmanas do mundo árabe, como intervenções cirúrgicas feitas na genitália feminina externa não por razões terapêuticas, mas sim para enquadrar-se em um ideal anatômico compatível com padrões culturais específicos. Concepções como pudicícia, promiscuidade e sexualidade feminina que aparecem nas fontes, sugerem que relações sociais onde atuam raça e gênero não podem ser dramatizadas fora de um cenário que envolve não apenas um idioma religioso de conversão de quem está dentro (crente) e fora (descrente) e em estados de ¿poluição¿ (apóstata), como também na conversão cultural entre masculino/feminino no espaço da nação e na problemática relação com o Ocidente, cujo sentido é dado no contexto pós-colonialista. No cenário antropológico, a prática da circuncisão em mulheres ¿ sobretudo a excisão e a infibulação ¿ teria sido deixada em segundo plano ou fora das etnografias; seja como objeto teórico ou político. Quando se visibiliza em tal cenário, contudo, o tema dialoga com interlocutores externos, como a imprensa, as ONGs e os movimentos feministas. Tal estudo aborda também questões éticas da antropologia e seu conceito primordial,¿cultura¿, e sua proximidade inevitável com os conceitos de ¿história¿ e ¿mudança social e simbólica¿, diálogos necessários em estudos que contemplem práticas opressivas e relações de gênero

Abstract: This study of anthropological nature regards agressive practices imposed upon the feminine body in Muslim and Arab societies, namely genital cutting operations on women performed not for therapeutic reasons but to comform to an anatomical ideal compatible with specific cultural patterns. Conceptions like modesty, promiscuity and feminine sexuality shown in the sources suggest that social relations in which race and gender act out, cannot be dramatized outside a scenario which involves not only a religious language of conversion to whom is an insider (believer), an outsider (unbeliever) and those located in states of ¿pollution¿ (apostate), but also in the cultural conversion between masculine/feminine inside the boundaries of the nation as well as the problematic relation with the West in which meaning is given in terms of postcolonialist context. On the anthropogical point of view the practice of female circumcision ¿ especially excision and infibulation would be partially left or completely left out of the ethnographies as theoretical or political subjects. However, when that subject appears in anthropological settings, the theme sets dialogs among external interlocutors, as the press, NGO¿s and feminists movements. Additionally, such study brings into consideration ethical issues inside anthropology stablishing a dialog to its primordial concept which is ¿culture¿ and its inevitable proximity with the concepts of ¿history¿ and ¿social and symbolic change¿ which are fundamental issues in studies concerning opressive practices and gender relations
Subject: Circuncisão feminina
Relações de gênero
Islamismo
Sexo
Antropologia
Poder (Ciências sociais)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: VENCHI, Mariane. A sedução interrompida: sexualidade e poder em narrativas árabe-muçulmanas sobre a circuncisão feminina. 2006. 351p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciencias Humanas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/280716>. Acesso em: 10 ago. 2018.
Date Issue: 2006
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Venchi_Mariane_D.pdf1.28 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.