Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/280689
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: O coronelismo e a imagem do coronel : de simbolo a simulacro do poder local
Author: Fortunato, Maria Lucinete
Advisor: Bresciani, Maria Stella Martins, 1939-
Abstract: Resumo: Esta tese problematiza e ressalta o estatuto de verdade que os discursos instituidores do conceito de coronelismo e da imagem do coronel imprimem culturalmente. O nosso objetivo é o de apreender as condições históricas que tornaram possível a emergência e as contínuas mudanças deste conceito e desta imagem, enquanto enunciados explicativos das relações de poder que se exerceram ou se exercem no Brasil; enquanto um saber que se pretende "verdadeiro", desconhece as diferenças, e busca legitimar as relações sociais e políticas como institucionais e hierárquicas. Portanto, o conceito de coronelismo e a imagem do coronel, na qual ele se apóia, são considerados, neste estudo, como construções imagético-discursivas formuladas a partir de determinadas práticas políticas; da compreensão do Estado como o eixo sob o qual se organiza e se exerce o poder; da concepção do poder como exercício de dominação e apropriação por determinados indivíduos; e, por fim, de uma visão evolucionista da história. Neste sentido, analisamos a construção e o uso do conceito de coronelismo e da imagem do coronel, nos discursos acadêmicos e literários, como a produção de uma visibilidade e de uma dizibilidade sobre o poder que procura se reconhecer ou se materializar numa "identidade", mas que, apesar da sua instituição e legitimação cultural, se dissolve no mesmo momento de sua construção

Abstract: This thesis questions and emphasizes the thuth statute that the stablished speeches of the "coronelismo" concept and of the image of the "coronel" impress culturally. Our aim is apprehending the historical conditions that facilitated the emergency and the continuous changes of that concept and image, while explanatory statements of the power relationships that were practised or are practised in Brazil; while a knowledge that intends to be " true ", ignores the differences, and it tries to legitimate the social and political relationships as institutional and hierarchical ones. Therefore, the concept of"coronelismo" and the image ofthe "coronel", in which the formed is based, are considered, in this study, as "imagético-discursivas" constructions elaborated ITomcertain political practices; of the understanding of the State as the axis under which the power is organized and practised; of the power conception as dominance exercise and appropriation by certain individuaIs; and, finally, of a "evolucinista" view of the history. In this sense, we analyse the construction and the use of the "coronelismo" concept and the image of the "coronel", in the academic and literary speeches, as the production of a "visibilidade" and of a "dizibilidade" about the power that tries to recognize or to materialize in an "identity", but although its institution and culturallegitmation it is dissolved at the same moment of its construction
Subject: Coronelismo - Brasil, Nordeste
Brasil - História - Séc. XX
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2000
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Fortunato_MariaLucinete_D.pdf12.5 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.