Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/280570
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: A construção freudiana do conceito de sexualidade e a etiologia das neuroses : 1886-1905
Author: Lima, Isabel Castello Branco
Advisor: Monzani, Luiz Roberto, 1946-
Abstract: Resumo: O trabalho analisa a construção freudiana do conceito de sexualidade no período compreendido entre a redação do relatório acadêmico de Freud sobre seus estudos com Charcot em Salpêtrière, em 1886, e a publicação dos "Três ensaios sobre teoria sexual", em 1905. Desde os primeiros textos, pautados pelo interesse em seguir a orientação das pesquisas de Charcot em relação à histeria, as investigações etiológicas são paulatinamente determinadas pela importância dos fenômenos psíquicos, entre os quais tomam-se fundamentais a noção de trauma e os fatores sexuais. Essas investigações estarão marcadas por uma concepção do sexual como "causa externa" dos fenômenos psicopatológicos; no entanto, a crescente complexidade da teoria designará um outro tipo de determinação à relação entre sexualidade e patologia. Percurso cuja construção é acompanhada por meio do exame da formulação inicial dos raciocínios próprios ao campo da etiologia das neuroses, de sua gradativa reorganização até o abandono da teoria da sedução e a conseqüente reorientação das investigações etiológicas, que exigem uma teoria da sexualidade articulada à constituição do psiquismo. Trata-se, portanto, da análise da trama conceitual na qual se inscreve a passagem da concepção dos fatores sexuais, ou da "vida sexual", como "causa específica" das neuroses à formulação do caráter constitutivo da sexualidade, descrito em sua dimensão formativa e, enquanto tal, determinante dos fenômenos psíquicos normais e patológicos

Abstract: This work analyzes the Freudian construction of the concept of sexuality in the period between Freud's writing of his academic report on his studies with Charcot, in Salpêtriere, in 1886, and the publication of the "Three essays on the theory of sexuality," in 1905. Ever since the first texts, guided by the interest in following Charcot's research on hysteria, the etiological investigations were gradually and increasingly determined by the importance of psychic phenomena, among which the notions of trauma and sexual factors become fundamental. These investigations are marked by a conception of sexuality as the "external cause" for psychopathological phenomena; however, the increasing complexity of the theory would designate another type of determination to the relationship between sexuality and pathology. The construction of this course is followed through the examination of the initial formulation of the rationales that belong to the field of the etiology of neuroses, from its gradual reorganization through the abandonment of the theory of seduction and the consequent reorientation of the etiological investigations that require a theory of sexuality articulated with the construction of psychism. This is, therefore, the analysis of the conceptual scheme that marks the passage of the conception of the sexual factors, or of "sexual life", as the "specific cause" of neuroses, to the formulation of the constitutive character of sexuality, described in its formative dimension and, as such, determining of the normal and pathological psychic phenomena
Subject: Psicanálise
Neuroses - Etiologia
Psicopatologia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2003
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Lima_IsabelCastelloBranco_D.pdf9.48 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.