Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/28057
Type: Artigo de periódico
Title: Problemática no uso da terra e no manejo agrícola da bataticultura em Bueno Brandão, MG
Title Alternative: Problematic in land use and management of agricultural production of potatoes in Bueno Brandão, MG (Brazil)
Author: Boulomytis, Vassiliki Terezinha Galvão
Bresaola Junior, Ruben
Abstract: The potato is a food which has a high biological value and significant social importance in the fight against hunger. Its management traditionally uses mechanization before and during cultivation, plenty of water in well-drained soils and agrochemicals for soil fertilization and pest control. For many decades, the potato cropping has emerged as one of the most remarkable social-economic activities of the city of Bueno Brandão, in the southern part of Minas Gerais State. In this work, the potato cropping areas in the sub-basin of Rio das Antas were monitored in order to obtain a pre-diagnosis of the agricultural management adopted in the region and the environmental impacts due to the intensive use of agrochemicals, proximity to water courses and mechanization in steep slopes areas. It was possible to verify the predominance of the semi-mechanized system which disregards the terrain slopes. It was also found that in most cases the soil analysis or consulting agronomists cease to be performed for soil treatment and planting. Therefore, it was concluded that the production system used is not according to the environmental fragility of the region, which is mountainous and full of waterways, making it very susceptible to erosion and water contamination.
A batata é um alimento que possui elevado valor biológico e importância social significativa no combate à fome. O seu manejo usa tradicionalmente a mecanização agrícola antes e durante o cultivo, água abundante em áreas bem drenadas e agroquímicos para a fertilização do solo e combate às pragas. Por muitas décadas o plantio de batatas tem se destacado como uma das atividades sócio-econômicas mais importantes do município de Bueno Brandão, sul do estado de Minas Gerais. Neste trabalho, foi realizado o monitoramento das áreas destinadas à bataticultura na área drenada pela sub-bacia do Rio das Antas, a fim de obter um pré-diagnóstico do manejo agrícola adotado na região e dos impactos decorrentes do uso intensivo de produtos agroquímicos, da proximidade do plantio aos cursos d'água e da mecanização agrícola em áreas com declividades acentuadas. Foi verificada a predominância do sistema semi-mecanizado, que desconsidera o relevo acidentado. Averiguou-se também que na maioria dos casos a análise do solo ou a consultoria de agrônomos deixam de ser realizadas como subsídio ao tratamento do solo e do plantio. Portanto, concluiu-se que o sistema de produção utilizado não está em concordância com a fragilidade ambiental da região, que é montanhosa e repleta de cursos d'água, tornando-a muito susceptível à erosão e contaminação hídrica.
Subject: Agroquímicos
área de preservação permanente
mecanização
erosão
contaminação
Agrochemicals
permanent preservation area
mechanization
erosion
contamination
Editor: Universidade Federal de Uberlândia, Instituto de Geografia, Programa de Pós-Graduação em Geografia
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S1982-45132013000200008
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S1982-45132013000200008
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1982-45132013000200008
Date Issue: 1-Aug-2013
Appears in Collections:Artigos e Materiais de Revistas Científicas - Unicamp

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S1982-45132013000200008.pdf1 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.