Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/280498
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Em defesa da juventude = a participação como meio de governo
Title Alternative: In defense of youth : participation as medium of government
Author: Candotti, Fabio Magalhães, 1983-
Advisor: Santos, Laymert Garcia dos, 1948-
Abstract: Resumo: Nas ultimas décadas, no Brasil como em outros tantos países, pode-se notar uma importante expansão e intensificação de preocupações e de soluções relativas ao governo dos mais jovens, principalmente daqueles que entram nas estatísticas da pobreza. Em meio a tal acontecimento, ao menos um grande consenso ganhou forca e estabilidade, definindo um solo comum para controvérsias locais e globais. Trata-se da correspondência geral entre a dupla preocupação com a educação e com a socialização dos mais jovens e a dupla consideração das escolas e dos meios e programas culturais como soluções complementares entre si. Tomando por via de acesso pequenos e grandes acontecimentos da historia moderna, a tese se dedica a analisar esse consenso justamente como algo que toma forma por meio dessa relação entre problemas e soluções, ou seja, em função dos saberes e das técnicas que os definem. E na medida em que os saberes em questão são voltados ao governo de coletivos e relações humanas, a descrição desse consenso implica uma analise de sua articulação com certas relações de poder, com um mundo vivo de forcas que ele ajuda a ordenar mas que também o obrigam a ajustes imprevistos. Num primeiro momento, a tese descreve a maneira como um conjunto ou dispositivo técnico disciplinar opera a correspondência inicial entre um problema de educação e uma solução escolar. Em seguida, a analise se volta para a outra correspondência em questão, aquela entre um problema de socialização e uma solução cultural. Nesse caso, o conjunto técnico encontrado foi chamado de "participativo". Ao fim, e apresentada uma descrição do processo mais recente de generalização desse ultimo dispositivo como eixo político do consenso posto como ponto de partida

Abstract: In recent decades, in Brazil and many other countries, there is a significant growth and intensification of concerns and solutions for the government of young people, especially, those that hit the poverty statistics. In the midst of such an event, at least a broad consensus has gained strength and stability, defining a common ground for local and global controversies. This consensus is the general correspondence between, on one hand, the concerns about the education and socialization of young people and, on the other hand, the complementary solution of schools and cultural programs. Taking access by small and great events of modern history, the thesis is devoted to analyzing this consensus precisely as something that is built through this relationship between problems and concerns, namely, in terms of knowledge and techniques that define them. Considering that this knowledge and techniques are directed related to the government of people and human relations, the description of this consensus includes an analysis of their connections under certain power relationships with a living world that it helps to order, but also oblige unanticipated adjustments. In a first moment, the thesis describes how a set or disciplinary technical device operates the initial correspondence between the education as a problem and the school as a solution. After, the analysis turns to the other correspondence in question, the one between the socialization as a problem and the cultural programs as a solution. In this last case, the set or technical device was called "participatory". Finally, is presented a description of more recent process of generalization of the latter device as political axis of the consensus that we consider first
Subject: Sociologia do conhecimento
Tecnologia - Aspectos sociais
Juventude - Política governamental
Educação
Cultura
Pobreza
Rap (Música)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: CANDOTTI, Fabio Magalhães. Em defesa da juventude = a participação como meio de governo. 2011. 215 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/280498>. Acesso em: 19 ago. 2018.
Date Issue: 2011
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Candotti_FabioMagalhaes_D.pdf1.11 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.