Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/280431
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Naturalmente filmados : modos de atuar e de viver nos postos indígenas do SPI na década de 1940
Title Alternative: Filmed naturally : ways of acting and of living in Indian Protection Service posts in Brazil in the 1940s
Author: Arruda, Lucybeth Camargo, 1971-
Advisor: Monteiro, John Manuel, 1956-2013
Abstract: Resumo: Esta tese é um exercício de reflexão a partir de fotografias que compõem três coleções fotográficas produzidas pela Seção de Estudos (SE), do Serviço de Proteção aos Índios (SPI), em cinco Postos Indígenas localizados no estado de Mato Grosso, nos anos de 1942 e 1943. A partir de métodos e investigações nos campos da antropologia, fotografia e história, analisamos imagens que foram produzidas pela equipe de Foto-Cinematografia, tendo como suporte a documentação administrativa do SPI, no período de 1910 e 1945, referente aos postos indígenas São Lourenço, Córrego Grande, Cachoeirinha, Taunay e Simões Lopes. A tese tem como objetivo central perceber a participação indígena dentro do "bloco monolítico" chamado de posto indígena. Busca-se observar, refletir, interrogar e problematizar o movimento ambíguo da fotografia, que está para além da objetificação - premente, absoluta - em que ela foi concebida e utilizada. As coleções aqui estudadas foram produzidas a partir dessa compreensão de fotografia, no entanto, faz-se o exercício de partir do "índio" objetificado e, na contramão desse percurso, lançar luz sobre as fraturas que nos fazem encontrar com os Bororo, Bakairi, Terena etc., enquanto agentes do seu processo histórico e parte integrante e importante da formação histórica das regiões onde foram instalados dentro dos postos indígenas. Assim, esta tese produz através de imagens e palavras (documentação do SPI) um instrumento que se complementa e compõe uma narrativa importante da história dos índios nas primeiras décadas do século XX

Abstract: This thesis critically examines the photographs that comprise three collections assembled in 1942 and 1943 by the Department of Studies of the Brazilian Indian Protection Service (SPI), covering five Indian Posts in the state of Mato Grosso. Drawing together methods and research from the fields of anthropology, photography, and history, this study analyzes images developed by the SPI's Photo-Cinematography team in light of the administrative documents produced by the SPI between 1910 and 1945, with a special focus on the Indian Posts of São Lourenço, Córrego Grande, Cachoeirinha, Taunay, and Simões Lopes. The main objective of the thesis is to perceive the participation and action of Indians within the Posts, often portrayed in the form of a "monolithic bloc". The analysis seeks to observe, reflect on, interrogate, and problematize the photographs' ambiguous character, which goes far beyond the objectification that underlay its conception and use. While the collections emerged from this understanding of photography, the thesis seeks to decodify these images by examining them from the vantage point of the objectified "Indian", discovering in the fractures a counterhistory that allows us to encounter the Bororo, Bakairi, Terena, and other peoples as agents of their historical process and as an integral part of the historical formation of the regions surrounding the Indian Posts. Thus, juxtaposing images and texts (the SPI documents), this study provides an approach that endeavors to compose a significant narrative of indigenous history during the first decades of the twentieth century
Subject: Serviço de Proteção aos Índios (SPI)
Índios da América do Sul - História
Fotografia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2012
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Arruda_LucybethCamargo_D.pdf14.46 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.