Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/280383
Type: TESE
Title: O intelectual "feiticeiro" = Édison Carneiro e o campo de estudos da relações raciais no Brasil
Title Alternative: The intellectual sorcerer : Édison Carneiro and the field of race relations studies in Brazil
Author: Rossi, Luiz Gustavo Freitas, 1980-
Advisor: Pontes, Heloisa André, 1959-
Abstract: Resumo: Esta tese investiga a trajetória social e intelectual de Édison Carneiro (1912-1972). Não se trata, contudo, de uma biografia ou de uma interpretação da totalidade da obra do autor. Antes, o foco do trabalho recai sobre os aspectos da prática e produção intelectuais de Édison Carneiro que dão conta de seu envolvimento com o campo de estudos, ao qual ele esteve mais sensivelmente ligado, a saber: o campo de estudos das relações raciais e das culturas de origem africana na sociedade brasileira. Buscou-se, neste sentido, recompor a trama complexa de coordenadas históricas, sociais e biográficas que não somente permitiram a inserção de Édison Carneiro no debate sobre a "questão negra" brasileira, mas também condicionaram as estratégias de "sobrevivência" intelectual por ele adotadas em um contexto de intensas transformações, destravadas pela institucionalização das ciências sociais no país. As conclusões desta tese, portanto, dizem respeito tanto às formas como Édison Carneiro construiu sua carreira intelectual, apreendida à luz dos constrangimentos associados a sua condição de polígrafo e "intelectual de província", quanto aos modos como essa carreira entrelaça e expressa alguns dos dilemas decisivos para se compreender a constituição e o desenvolvimento de debate racial brasileiro, a partir da década de 1930.

Abstract: This dissertation investigates the social and intellectual trajectory of Edison Carneiro (1912-1972). However, it is neither a biography of the author, nor an interpretation of his oeuvre. Rather, the focus of this work falls on Edison Carneiro's intellectual practices and productions pertaining to the field of studies to which he was closely connected: the field of racial relations studies and the cultural African heritage in Brazilian society. In this sense, it reconstructs the complex web of historical, social and biographical coordinates that not only allowed the inclusion of Edison Carneiro in the debate on "Black matters" in Brazil, but also shaped his strategies for 'intellectual survival' in a context of profound changes unlocked by the institutionalization of the social sciences in Brazil. The conclusions of this dissertation concern both the means through which Edison Carneiro built his intellectual career, seen in the light of the constraints of his status as a "self-taught" and a "provincial" intellectual, and the way a career such as Carneiro's expresses some of the decisive dilemmas that help to understand the formation and development of the racial debate in Brazil, from the 1930s onwards.
Subject: Carneiro, Edison, 1912-1972
Antropologia - Brasil
Negros - Brasil
Brasil - Relações sociais
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2011
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Rossi_LuizGustavoFreitas_D.pdf12.75 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.