Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/280296
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: A utopia tenentista na construção do pensamento marxista de Nelson Werneck Sodre
Author: Cunha, Paulo Ribeiro Rodrigues da
Advisor: Bastos, Elide Rugai, 1937-
Abstract: Resumo: A presente pesquisa, objetiva apreender a construção do pensamento político de Nelson Werneck Sodré de 1930 à 1950, período em que se estabelece a transição de uma trajetória tenentista ao marxismo, como também se configura a fundamentação de suas teses principais. A centralidade deste desenvolvimento temático, passa por dois eixos nodais, apreendidos na perspectiva de suas duas vocações. A primeira, encontra Sodré como intelectual e nesse caso, o entendemos como um historiador da corrente historicista. A segunda vocação, refere-se a sua condição de militar que chegou a patente de General de Brigada e como aspecto correlato, de origem pequeno burguesa. Ambas as vocações tem desenvolvimentos paralelos e são confluentes pela mediação da política. Nesse sentido, procuramos desenvolver sua trajetória política e vocacional, a partir da contribuição de intelectuais como Michael Lowy, Luckács, e, verificar como se estabelece sua rotação ao pensamento revolucionário. A análise também procura demonstrar alguns pressupostos diferenciados do que comumente foi apreendido em relação à sua obra. Nesse caso, entendemos que teses como: História Nova, o Exército Democrático, a Burguesia Nacional, o Feudalismo, o Imperialismo foram originalmente gestadas em uma concepção tenentista com referenciais analíticos dissociados do pensamento originário da III Internacional ou mesmo da Declaração de Março de 1958. Na verdade, essa fase tenentista em transição ao marxismo, está relacionada à influência de intelectuais relacionados ao pensamento da II Internacional entre outras influências, algumas até conservadoras, mas que pavimenta sua rotação ao marxismo e possibilita uma nova substância teórica em suas análises futuras, incorporando pioneiramente nesta reflexão, autores como Lukács e Mariategui. Vale ressaltar nesta rotação, a militância no PCB que, correlacionada à estas influências, norteiam sua concepção de política no que denominamos Moralidade do Compromisso. É por esta razão, que discordamos do autor, pois, entendemos não ser esta uma fase de alienação ou negação, como admite e que, a política seja um componente ausente em suas reflexões. Por fim, a pesquisa procura estabelecer a singularidade de uma leitura de Brasil, norteada por um pensamento nacionalista à esquerda que, em Sodré, adquire estatuto teórico próprio, gestados neste período, mas também na práxis, face a sua vocação militar - e que, na década de 50, veio a ser conhecida como Revolução Brasileira

Abstract: This work is directed to a deeper understanding of the construction of Nelson Werneck Sodré's political ideologies, during the period of 1930 to 1950, when his transition from 'tenentismo' (lieutenantship)to marxism, and the foundations ofhis principal theses were being set. The pillar of this thematic development is supported by two nodal axis, aprehended from his two vocational perspectives: thefirst the intellectual Sodré, and then, we accept him as a historian in the stream of history. The second vocation, is inherent to his condition of being an Army officer that reached the rank of Brigadier General and this from a petit bourgeois origin. Both vocations have parallel developments and are confluent due to the polítical intercession. In this angle, we tried to develop his vocational and polítical trajectory starting with the contribuition from the intellectuals Michel Lowy, Lukács, and checking how his rotation within the revolutionary process is established. This analisis also aims to present some conjectures that are distinct from those commonly aprehended in his work. In this case, we understand that theses like: História Nova (New History), O Exército Democrático (The Democratic Army), A Burguesia Nacional (The National Middle-Class), O Feudalismo (The Feudalism), O Imperialismo (The Imperialism), were originally sprung from tenentista conception, and with analysis references apart from the III International original ideas, or even from the Declaração de Março de 1958 (The Declarationof March, 1958).This transition phase to marxism is related to the influence of intellectuals connected to the II International ideas and even other conservative ones;they paved his way to marxism and allowed a new theoretical context for his analysis; and, it pioneers the inclusion of authors like Lukács and Mariategui. It is worth mentioning his militancy in the PCB (Brazilian Communist Party) in this sequence.That, along with those influences, headed his political conception in what we name Moralidade do Compromisso (The Morality of Agreement).This is the reason why we disagree with the author, because we understand that this is not one phase of negation or alienation as stated, and that politics is not present in his future reflections. And finally, we try to stablish the originality of a reading of Brazil, headed by a left nationalist idea that, in Sodré, brewed and reached its own theoretical status, but did it also in the praxis (considering his military vocation)that in the 50s, carne to be known as the Revolução Brasileira (Brazilian Revolution)
Subject: Sodré, Nelson Werneck, 1911-1999
Partido Comunista Brasileiro
Nacionalismo e socialismo
Intelectuais - Brasil
Militares
Imperialismo
Brasil - História - Tenentismo - 1922-1934
Brasil - História - Revolução - 1922
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2001
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Cunha_PauloRibeiroRodriguesda_D.pdf22.24 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.