Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/280249
Type: TESE
Title: A agua e o limite? : redistribuição espacial da população e recursos hidricos no Estado de São Paulo
Author: Carmo, Roberto Luiz do, 1966-
Advisor: Hogan, Daniel Joseph, 1942-2010
Hogan, Daniel Joseph
Abstract: Resumo: Esta tese tem como objetivo estudar as relações entre a dinâmica demográfica e a questão dos recursos hídricos. A proposta é verificar a existência de limites ambientais, assim como seus condicionantes e suas conseqüências, considerando especificamente os limites decorrentes da escassez de água. Para tanto, enfocamos a disponibilidade hídrica e os tipos de uso da água em três Unidades de Gerenciamento dos Recursos Hídricos: Alto Tietê, Piracicaba/Capivari/Jundiaí e Ponta! do Paranapanema. O consumo de água foi dividido em três categorias: consumo urbano (uso residencial), consumo industrial e irrigação. Os dados mostram as diferenças de consumo em cada região e possibilitam distinguir, em tennos de demanda por recursos hídricos, o impacto da dinâmica demográfica e o impacto das atividades econômicas. Há problemas comuns a estas três regiões: insuficiência no tratamento de esgotos, o que afeta a qualidade e a disponibilidade de água; perdas de água nos sistemas de adução e nos sistemas de encanamento prediais. A conclusão é que podem se constituir situações limite mesmo em regiões em que existe um considerável volume de água, o que ocorre em função do uso inadequado da água

Abstract: The subject of this thesis is the study of the relationships between demographic dynamics and water questions. The proposal is to verify the existence of environmental limits and their detenninants and consequences, especially limits which result from water shortage. The paper focuses on water availability and kinds of water use in three regions of São Paulo State (Brazil): Metropolitan Region of São Paulo, the Piracicaba/Capivari/Jundiaí River Basin and Pontal do Paranapanema. Water consumption was divided into three categories: urban consumption (basically residential use), industrial consumption and irrigation. The data show the differences of consumption in each region, making it possible to distinguish the impact of demographic dynamics from economic activity, in terms of demand for water resources. There are common problems in these regions: negligible sewage treatment, which affects water quality and water supply; loss of water in the distribution system and in homes; waste, especially through inadequate irrigation systems but also in residences. The conclusion is that even when there is an important volume of water, it can become a limiting factor to quality of life and economic development, in function of inadequate use
Subject: População
Recursos hídricos - Desenvolvimento
Meio ambiente
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2001
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Carmo_RobertoLuizdo_D.pdf14.3 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.