Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/280215
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Mulheres da terra : um estudo sobre saude e genero na area rural de Pernambuco
Author: Lucena, Maria de Fatima Gomes de
Advisor: Brandão, Carlos Rodrigues, 1940-
Brandão, Carlos Rodrigues
Abstract: Resumo: Este estudo tem como objetivo analisar as contradições existentes entre o discurso oficial e a prática nas ações de saúde voltadas para a mulher rural. A pesquisa de campo foi realizada no Município de Macaparana, Pernambuco. As entrevistas semiestruturadas e a observação abrangeram as mulheres usuárias do Sistema Único de Saúde - SUS , profissionais e os gestores dos serviços locais de saúde. Os resultados evidenciam que as ações de saúde voltadas para a mulher rural nos serviços públicos de saúde do Município, caracterizam-se por distanciar a intenção (o discurso oficial) do gesto (prática efetiva), na medida em que as suas necessidades específicas não são incorporadas dentro da lógica dos serviços locais. Por sua vez, a idéia de direito em saúde deveria estar articulada à qualidade/quantidade dos serviços, em suas dimensões materiais/subjetivas,o que não se verificou na realidade estudada. Por isso mesmo, não se constatou a ênfase que deveria existir, de acordo com os pressupostos do SUS, na informação, prevenção, educação, integralidade e participação com controle social, na política de saúde. A investigação considera fundamental a politização da questão de gênero na formulação/consolidação da política de saúde, possibilitando assim, a tessitura dos VÚlculosentre a ação médica e o pensar e o fazer das (dos) usuárias (os) do SUS, no quadro geral de ampliação das desigualdades sociais brasileiras. Nessa direção, será possível a implementação, para além do discurso, do gesto que reconheça as necessidades de articulação entre a saúde e o gênero. Assim sendo, deve ser defendida a saúde como um bem público, um dever do Estado e direito de todas e de todos. A objetivação do SUS, portanto, deve enfatizar a igualdade entre homens e mulheres, levando-se em conta suas diferenças quanto ao adoecer/morrer

Abstract: This study aims to analyze the existing contradictions between the official agenda and practical actions referred to the health of rural women. The field research took place in the District of Macaparana in the State of Pernambuco, Brazil. The data were obtained ITomthe female users ofthe Sistema Único de Saúde - SUS (The Country' s Public Health System), as well as health professionals and local health services managers. The methodology used in this study case included interviewing and observation. The results show a wide gap between the govemments aims and practical results, as women's specific needs are left behind ITomthe practices of local health clinics/hospitals/centers. The idea of health as a right should be related to quality and quantity in services, in its materia1/subjectivedimensions, which were not found in the studies. SUS emphasis on information, education, integrality and participation with social control in health policies was not achieved. This study considers fundamental the emphasis in the gender issue in the formulationlconsolidation in health policies, in order to put in practice SUS' objectives, in the current Brazilian panorama of widened gap between the poor and the rich. The implementation of SUS will be only possible through the recognition of the articulation ofhealth and gender. Health must be defended as a public good, a state obligation and as a right to men and women. SUS must emphasize the equality between genders, taking into account difrerences in morbidity and mortality ofboth men and women
Subject: Saúde
Trabalho
Mulheres - Saúde e higiene
Saúde e trabalho
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2002
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Lucena_MariadeFatimaGomesde_D.pdf20.38 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.