Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/280140
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Etnoictiologia, dieta e tabus alimentares dos pescadores artesanais de Ilhabel/SP
Title Alternative: Ethnoichthyology, diet and food taboos of artisanal fishermen
Author: Ramires, Milena
Advisor: Begossi, Alpina, 1958-
Abstract: Resumo: Esta tese foi desenvolvida em três comunidades de pescadores artesanais de Ilhabela, localizadas no litoral norte do Estado de São Paulo, Brasil. O objetivo geral foi analisar, por meio de levantamento etnoictiológico, análise da dieta e tabus alimentares, as interações os pescadores com os recursos pesqueiros, bem como a diversidade de uso dos peixes, visando entender os aspectos ambientais e culturais da interação homem-pesca-peixes. A coleta dos dados etnobiológicos foi realizada através de entrevistas com o auxílio de questionários semi-estruturados e fotos de espécies de peixes da região. Para a coleta dos dados sobre a dieta foram realizados recordatórios de 24 horas verificando os itens alimentares consumidos. Para as preferências e os tabus alimentares os pescadores e demais membros da família maiores de 18 anos foram entrevistados com roteiros estruturados. Foram coletados, fixados e identificados exemplares da ictiofauna presente nos desembarques acontecidos nas comunidades durante os períodos de coleta de dados. Os dados etnobiológicos foram analisados através de comparações com as informações científicas da literatura ictiológica. Os dados de dieta foram analisados através de índices de diversidade, amplitude de nicho, curvas de rarefação e teste t. Participaram desta pesquisa 15 famílias da praia da Serraria, 4 da praia do Jabaquara e 5 da praia da Fome, totalizando 26 entrevistas de etnoictiologia, 489 refeições amostradas e 26 entrevistas de preferências e tabus alimentares. De acordo com o conhecimento dos pescadores foi produzida uma listagem etnotaxonômica composta por 41 nomes genéricos e 17 binomiais e formados de 8 agrupamentos de peixes considerados "parentes". Estas e as demais informações sobre ecologia (alimentação, hábitat, predação e formação de cardumes) dos peixes apresentaram elevada concordância com a literatura cientifica. A dieta dos pescadores mostrou-se diversificada em relação ao total de itens alimentares consumidos e algumas diferenças foram identificadas na comparação entre as comunidades. Os pescadores preferem consumir peixes de escama e não consomem o baiacu, devido a sua característica tóxica. Alguns peixes são evitados em casos como feridas, inflamações, gravidez e pós parto e outros são indicados como peixes medicinais nestas situações. Tanto aspectos relativos à dieta, quanto ao consumo de pescado e a atividade de pesca fazem parte do corpo de conhecimento dos pescadores e suas famílias e constituem um acervo rico de informações que somadas as informações biológicas são úteis para a conservação dos recursos pesqueiros

Abstract: This thesis was developed in three communities of artisanal fishermen from Ilhabela, located on the northern coast of the state of São Paulo, Brazil. The general objective was to analyze, by means of an ethnoichthyological inventory, the diet analysis and food taboos, the fishermen interactions with fish resources as well as the diversity of fish use, focusing on the understanding of the environmental and cultural aspects of the man-fishing-fish interaction. The ethnobiological data was collected through interviews using semi-structured questionnaires and photos of fish species from the region. For the data collection on diet, recalls of 24 hours were carried out checking the food items consumed; about the preferences and food taboos among fishermen and other family members over 18 were interviewed with structured guide. The specimens of the fish fauna present in the landings occurred in communities, during periods of data collection were collected, identified and fixed. The ethnobiological data was analyzed throughout comparisons with the scientific literature of ichthyology. The diet data were analyzed using indices of diversity, niche amplitude, rarefaction curve and T-test. This research included 15 families from Serrania beach, 4 from Jabaquara beach and 5 from Fome beach, totaling 26 interviews of ethnoichthyology, 489 meals sampled and 26 interviews with food preferences and taboos. According to the knowledge of fishermen an ethnotaxonomic list was produced encompassing of 41 folk names, 17 binomials and 8 groups of fish considered related among themselves. These and other information about fish ecology (food, habitat, predation and shoal formation) are in high concordance with the scientific literature. The diet of fishermen showed to be diverse in relation to the total number of food items consumed and some differences were identified when comparing communities. The Fishermen prefer to consume scale fish and not to consume the puffer fish, due to its toxic characteristic. Some fish are avoided in cases such as wounds, inflammations, pregnancy and post partum and other fish are recommended as medical treatment in these situations. Aspects related to the diet, as well as the consumption of fish and the fishing activities are part of the body of knowledge of the fishermen and their families, and constitute a rich body of information that added up to the biological information is useful to the conservation of fish resources
Subject: Etnoictiologia
Pescadores
Dietas
Pesca - Ilhabela (SP)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: RAMIRES, Milena. Etnoictiologia, dieta e tabus alimentares dos pescadores artesanais de Ilhabel/SP. 2008. 161 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciencias Humanas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/280140>. Acesso em: 12 ago. 2018.
Date Issue: 2008
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ramires_Milena_D.pdf8.14 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.