Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/280082
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: A tolerancia nos limites do cristianismo catolico de Frei Bartolome de Las Casas
Title Alternative: Tolerance within the limits of the "Catholic Christianity" in Bartolomeu de Las Casas
Author: Neves, Marcelo
Advisor: Moraes, João Carlos Kfouri Quartim de, 1941-
Abstract: Resumo: As reflexões desenvolvidas neste trabalho não têm como objetivo apresentar uma exposição completa do pensamento lascasiano e, nem mesmo, uma análise de sua complexa personalidade. Nosso objetivo é estudar a idéia de ¿tolerância¿ presente em sua Apologia e em seu De unico. Mais precisamente, o ¿método tolerável¿ de conduzir os povos à verdadeira religião. E, ainda, ver como, pelo menos em suas linhas essenciais, a questão permeia grande parte de sua obra, sobretudo os tratados publicados a partir de 1551. Buscamos mostrar que, embora a tolerância seja, num primeiro momento, definida de forma negativa, isto é, como ¿suportação¿, no entanto é positiva e ativa. Positiva, enquanto implica uma apreciação favorável do universo indígena, sobretudo religioso. Ativa, enquanto parte de sua Apologia, ou seja, de um discurso que visa defender os índios das agressões dos colonizadores. Ademais, é ¿tolerância¿ nos limites do cristianismo católico¿; isto porque o discurso lascasiano é desenvolvido numa perspectiva missionária e visa mostrar o caminho, a melhor forma, o melhor ¿método¿ para a comunicação da verdadeira religião. Nisto consiste, a novidade de Las Casas: seu pensamento não tem lugar contra, mas a partir de dentro do catolicismo, ou seja, o ¿método¿ por ele defendido, em pleno século XVI, é apresentado como uma exigência do cristianismo em geral, e do catolicismo em particular

Abstract: The purpose of the developed in this study is not to present a full exposition of Las Casas' thought and much less is it an analysus of is complex personality. Ou purpose is to study the idea of "tolerance" in is Apologia and in his De unico. Or more precisely, to consider the "tolerant method" of leading the peoples to true religion. Besides, we also want to see the way in which that question, in its essential lines, permeates a large parte of his work, particularly treatises published since 1551. We intend to show that a although tolerance is defined, at first, in a negative form, as "endurance", it is really positive and active. It is positive, because it implies a favorable appreciation of the natives' universe, the religious one in particular. It is active, because it arises from his Apologia, which is a discourse in defense of the American Indians from aggression by the colonizers. Moreover, this "tolerance" is thought of as within the limits of the "Catholic Christianity". And it is so because Las Casas' discourse is developed in a missionary perspective and aims at pointing the course, the better way, the best "method" to communicate true religion. In this resides the novelty of Las Casas: his thought is not placed against, but arises from within Catholicism, that is, the "method" proposed by him, in the middle of XVI century, is presented as an exigency of Christianity in general, and of Catholicism in particular
Subject: Casas, Bartolome de Las, 1474-1566
Tolerância religiosa
América - Descobertas e explorações
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2006
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Neves_Marcelo_D.pdf1.35 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.