Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/279850
Type: TESE
Title: O processo de migração de retorno no fluxo Pernambuco - São Paulo - Pernambuco
Author: Lyra, Maria Rejane Souza de Britto
Advisor: Cunha, José Marcos Pinto da, 1959-
Abstract: Resumo: O trabalho analisa o processo de migração de retorno a Pernambuco, procedente do Estado de São Paulo, nos dois períodos censitários de 1970-80 e 1981-91, procurando identificar até que ponto o fluxo migratório entre os dois estados alimenta um movimento circular de "ir e vir" dos migrantes pernambucanos e em que medida caracteriza uma reversibilidade do movimento empreendido pelos migrantes que decidiram, de fato, retomar à sua residência base. Adota como fonte de dados os Censos Demográficos de 1980 e 1991, por se constituírem como fonte disponível de informação sobre a migração, representativa de grandes extensões territoriais e que possibilita o estudo dos movimentos inerentes a esse fenômeno, a partir dos anos 70. Procura minimizar as limitações dos dados censitários para a apreensão da migração como processo social, elegendo um fluxo determinado pelos migrantes naturais de Pernambuco no seu trajeto de ida para São Paulo e de retorno para a terra natal, buscando indícios de redes sociais que se instalam no processo de migração de retorno. Através de tabulações especiais dos Censos Demográficos, destaca a expressividade do fluxo migratório estabelecido entre Pernambuco - PE e São Paulo - SP, no contexto das migrações internas brasileiras; identifica os espaços de troca mais relevantes entre esses dois estados; analisa as características do fluxo migratório selecionado, destacando a família como elemento coletivo nesse fluxo, cujos vínculos são formadores de redes sociais; e, por fim, avalia as tendências de circularidade e de reversibilidade do movimento migratório analisado. Como resultado, embora tenha encontrado indícios do aumento da reemigração e, portanto, da circularidade de migrantes, em proporções distintas para o conjunto do estado e para as suas regiões, o estudo não encontrou sustentação empírica, a partir dos dados censitários, para se afirmar que tal fenômeno pudesse justificar o importante aumento da migração de retorno, no fluxo migratório PE-SP-PE. O retorno não implicou, para muitos, necessariamente, a perspectiva de tornar a emigrar para São Paulo, caracterizando a reversibilidade do movimento de retorno, inclusive para a Região de Desenvolvimento RD Agreste Central, para onde afluiu o maior volume de retomados

Abstract: This Work examines the return migration process to Pernambuco, proceeding from the state of São Paulo, in the periods of 1970-80 and 1981-91 census, trying to identify until where the migratory flow between these two states feeds a "come and go" round movement of the migrants of Pernambuco and how far it can show a reversibility of the undertaken movement by the migrants that decided, indeed, to return to its origin residence. It takes as data source 1980 and 1991 demografic census, on account of being the disposable source of information about migration, that represents large territorial extensions and that makes possible the study of the movements inherent to this phenomenon, beginning from 70's. It tries to minimize the limitations of data census just to apprehend the migration as a social process, choosing a flow determinated by the native born migrants from Pernambuco - PE in their way to São Paulo - SP and back to the native place, trying traces of social nets established in the migration return process. By means of special tabulations of demografic census, it exceeds the expressivity of the migratory flow established between Pernambuco and São Paulo, in the context of the brazilian intern migrations; it identifies the most relevant change spaces between these two states, it analyses the characteristics of the migratory flux selected, giving prominence to the family as a collective element in this flux, of the which links are social nets makers; and, at last, it values the tendencies of circularity and reversibility of the migratory movement analysed. As result, notwithstanding it has found traces of reemigration increase and, therefore, of migrants circularity, in distinct proportions to the state and its regions, this work did not find empirical sustenance, from the data census on, to affirm that such phenomenon could justify the important increase of return migration, in flow migratory PE-SP-PE, the return did not imply, for many migrants, necessarily, the perspective of return to emigrate to São Paulo, characterizing the reversibility of return movement, including to the Development Region of Agreste Central, where ran a lot of migrants returned to
Subject: Demografia
Migração
Migração interna
Migração - Pernambuco
Migração - São Paulo
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2003
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Lyra_MariaRejaneSouzadeBritto_D.pdf29.62 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.