Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/279805
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: O tema da identidade pessoal no livro 1 do Tratadode Hume
Title Alternative: The topic of personal identity in book 1 of Hume's Treatise
Author: Leme, Antonio Cesar da Silva, 1972-
Advisor: Marques, José Oscar de Almeida, 1949-
Abstract: Resumo: Esta dissertação examina o tema da identidade pessoal no Livro 1 do Tratado da natureza humana de David Hume, e a sua retomada nos textos da Sinopse e do "Apêndice". Trata-se de explicar o sentido de algumas afirmações feitas por Hume sobre esse tema. Na seção "Da Identidade Pessoal", Hume, por um lado, nega a existência da ideia do eu e, por outro, propõe uma tese sobre o eu, segundo a qual o eu é um sistema de diferentes percepções, encadeadas pelos princípios de associação de ideias. Ao retomar o tema da identidade pessoal no "Apêndice", Hume mostra-se decepcionado com sua própria explicação oferecida previamente para esse assunto no Tratado e na Sinopse. Diante dessas afirmações, o objetivo do nosso trabalho é cotejar suas afirmações iniciais sobre o tema do eu com sua reconsideração posterior a fim de tentar entender o motivo da sua insatisfação. Seguindo a hipótese proposta por Piston, defendo que Hume apresenta uma concepção do eu alternativa para as explicações de Descartes e Locke. Além disso, sugiro que Hume mantém no "Apêndice" a mesma concepção de identidade pessoal apresentada inicialmente no texto do Tratado. Para sustentar essas hipóteses, é imprescindível distinguir o objeto da crítica de Hume, o eu inventado pelos filósofos, da proposição humeana acerca sobre o eu como um sistema de percepções em fluxo constante

Abstract: This dissertation examines the theme of personal identity in Book 1 of the Treatise of Human Nature by David Hume, and its resumption in the texts of the Synopsis and the "Appendix." It intends to explain the meaning of some statements made by Hume on this topic. In the section "Personal Identity" Hume, on the one hand, denies the existence of the idea of the self and, on the other, proposes a thesis about the self, according to which the self is a system of different perceptions, linked by the principles of association of ideas. When he revisited the issue of personal identity in the "Appendix", Hume appears disappointed with his own explanation previously offered for that subject in the Treatise and in the Synopsis. Given these statements, the aim of this work is to collate Hume's initial statements on the subject of the self with his subsequent reconsideration, in order to try to understand the reason for his dissatisfaction. Following a hypothesis proposed by Piston, I argue that Hume presents a conception of the self alternative to explanations of Descartes and Locke. Furthermore, I suggest that Hume holds in the "Appendix" the same conception of personal identity presented initially in the text of the Treatise. To support these hypotheses, it is essential to distinguish the object of Hume's criticism, the self invented by philosophers, from Hume's proposition about the self as a system of perceptions in constant flux
Subject: Hume, David, 1711-1776
Percepção (Filosofia)
Diferença (Filosofia)
Associação de ideias
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2013
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Leme_AntonioCesardaSilva_M.pdf711.43 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.