Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/279754
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: "Felicidade Clandestina" : refúgio e família no Brasil
Title Alternative: "Clandestine Happiness" : refuge and family in Brazil
Author: Calegari, Marília, 1987-
Advisor: Baeninger, Rosana Aparecida, 1963-
Abstract: Resumo: A migração de crise, no contexto das migrações forçadas, vem ganhando cada vez mais importância no cenário das migrações internacionais contemporâneas (Clochard, 2007). A visibilidade do fenômeno intensifica-se por questões históricas, políticas, sociais e humanitárias; e promove diversas reflexões quando contrastada com outras modalidades migratórias. A classificação desses sujeitos a partir de uma condição jurídica específica limita o número de migrantes que conseguem proteção (Agier, 2002). E a distinção entre migrantes forçados e voluntários levanta questionamentos acerca da liberdade dos indivíduos, do desenvolvimento econômico, e da mobilidade (De Haas, 2010). Assim, o presente trabalho pretende partindo do pressuposto teórico que, no Brasil, o refúgio aparece como modalidade migratória do século XXI, estudar o fenômeno a partir da dinâmica familiar. Sendo tal condição individual, a dinâmica familiar é essencial para compreender o refúgio como uma modalidade de um processo social mais amplo, uma vez que a compreensão acerca do movimento passa pela família do integrante que tem o estatuto de refugiado. A metodologia utilizada na pesquisa consiste em: revisão bibliográfica; análise de documentos, tratados e leis; banco de dados e textos especializados do ACNUR (Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados); e banco de dados da CVPR (Pesquisa de Condições de Vida da População Refugiada no Brasil), NEPO/UNICAMP/Secretaria dos Direitos Humanos, 2007

Abstract: Migration of crisis, in the context of forced migration, has become increasingly critical in the context of contemporary international migration (Clochard, 2007). The visibility of the phenomenon is intensified by historical, political, social and humanitarian issues, and promotes diverse reflections when contrasted with other migration modalities. The classification of the subjects from a specific legal requirement limits the number of migrants who manage protection (Agier, 2002). And the distinction between forced and voluntary migrants raises questions about the freedom of individuals, economic development, and mobility (De Haas, 2010). Therefore, this study aims from the theoretical assumption that, in Brazil, the refuge appears as a migratory modality of the twenty-first century, study the phenomenon from the family dynamics. Since the condition is individual, family dynamics is essential for understanding the refuge as a modality of a broader social process, because the understanding of the movement passes through the family member who has the status of refugee. The methodology used in this research consists of: literature review; analysis of documents, treaties and laws; database and specialized texts from UNHCR (United Nations High Commissioner for Refugees) and database from CVPR (Survey of Living Conditions of the Refugee Population in Brazil), NEPO/UNICAMP/Office of Human Rights, 2007
Subject: Migração
Refugiados
Familia - Brasil
Brasil - Migração
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Calegari_Marilia_M.pdf2.8 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.