Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/27970
Type: Artigo de periódico
Title: Correlação entre peak flow nasal inspiratório e escala visual analógica pré e pós uso de vasoconstrictor nasal
Title Alternative: Peak flow inspiratory nasal and analogical visual scale's correlation, pre and pos nasal vasoconstrictive nasal usage
Author: Teixeira, Rodrigo Ubiratan Franco
Zappelini, Carlos Eduardo Monteiro
Oliveira, Luana Gonçalves
Basile, Luciana Campoy Giro
Costa, Everardo Andrade da
Abstract: INTRODUCTION: The measure of inspiratory nasal flux apex (INFA) is obtained in a simple and quick way, but not much diffused in Brazil. The analogic visual scale(AVS) for nasal obstruction is asubjetive measure that can also be used. OBJECTIVE: To evaluatethe correlation between INFA and AVS for nasal obstruction, before and after a nasal potency change, provided by topic vasoconstriction. Study draw: experimental and clinic study not randomized. Methods: 60 volunteers included patients, doctors, nurses and administrative auxiliaries from the Instituition were submitted to INFA and AVSexams before and after the nasal vasoconstriction with oxymetazoline hydrochloride 0,05%. RESULTS: The medical value found for AVS pre vasoconstriction was 4,1 and 2 after vasoconstriction. This represents avariation of 44% among the measures. Concerning the INFA values, the media found in pre vasoconstriction mensuratiion was 151 l/mim and 178l/mim after vasoconstriction, presenting an addition of 20%. In the pre vasoconstriction moment, the increase of one point in middle value of AVS, correspondes to decrese of 3,8% in middle value of INFA. In pos each increase of a point in AVS middle value correspondes of 4,5% in INFA middle value. CONCLUSION: There was an important correlation between thenasal obstruction objective measure through the INFA with subjective mensuration provided by AVS before the nasal vasoconstrictor usage.
INTRODUÇÃO: A medida do pico de fluxo nasal inspiratório (PFNI) é obtida de forma simples e rápida, mas pouco difundida no Brasil. Por sua vez, a escala visual analógica (EVA) para obstrução nasal é uma medida subjetiva que também pode ser utilizada. OBJETIVO: Avaliar a correlação entre o PFNI com a EVA para obstrução nasal, antes e após uma mudança da patência nasal, proporcionada pela vasoconstrição tópica. Desenho do estudo: estudo clínico e experimental não randomizado. MÉTODO: 60 indivíduos voluntários incluindo pacientes, médicos, enfermeiros e auxiliares administrativos da instituição foram submetidos aos exames de PFNI e EVA antes e após a vasoconstrição nasal com cloridrato de oximetazolina a 0,05%. RESULTADOS: O valor médio encontrado para EVA pré vasoconstrição foi de 4,1 e 2 após a vasoconstrição. Isto representou uma variação de 44% entre as medidas. Em relação aos valores do PFNI, a média encontrada na mensuração pré vasoconstrição foi de 151 l/mim e de 178 l/mim após a vasoconstrição, apresentando um acréscimo de 20%. No momento pré vasoconstrictor, o aumento de um ponto no valor médio da EVA, corresponde a um decréscimo de 3,8% no valor médio do PFNI. No pós, cada incremento de um ponto no valor médio da EVA, corresponde a um decréscimo de 4,5% no valor médio de PFNI. CONCLUSÃO: Houve uma correlação importante entre a medida objetiva da obstrução nasal através do PFNI com a mensuração subjetiva proporcionada pela EVA antes da vasoconstrição nasal. Semelhante correlação também pôde ser observada após o uso do vasoconstrictor.
Subject: obstrução nasal
cavidade nasal
descongestionantes nasais
nasal obstruction
nasal cavity
nasal decongestants
Editor: Fundação Otorrinolaringologia
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S1809-48722011000200006
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S1809-48722011000200006
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1809-48722011000200006
Date Issue: 1-Jun-2011
Appears in Collections:Artigos e Materiais de Revistas Científicas - Unicamp

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S1809-48722011000200006.pdf157.12 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.