Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/279672
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: O jeito de ser movimento do Movimento de Moradia da Leste II : tensões entre o legado movimentalista e a demanda pragmática (1984-2014)
Title Alternative: The "way of being movement" of the Leste II housing movement : tensions between the "movementalist" legacy and pragmatic demand
Author: Hornhardt, Amanda Carolini Menconi, 1989-
Advisor: Tatagiba, Luciana Ferreira, 1971-
Tatagiba, Luciana Teixeira
Abstract: Resumo: A rede do movimento de moradia na cidade de São Paulo foi tramada por meio das interconexões entre organizações de luta por moradia e entidades apoiadoras, dentre as quais se destacou os setores progressistas da Igreja Católica e o Partido dos Trabalhadores. Houve, na década de 1980, um fértil processo de múltipla militância onde ativistas transitavam entre o engajamento movimentalista, religioso e partidário. O Movimento de Moradia da Leste II, objeto da presente pesquisa, é fruto desta fértil intersecção e está localizado na Zona Leste paulistana, berço das lutas por moradia. Ainda hoje, o Movimento de Moradia da Leste II organiza a luta na região, se relacionando com a Igreja e o PT, porém, esta relação se transformou ao longo das últimas três décadas. Buscaremos compreender estas mudanças, revelando como os atores se relacionaram com as transformações do contexto político geral, como percebiam as opções políticas que tinham diante de si, como construíram os sentidos de coletividade por meio da conexão entre passado, presente e futuro, as escolhas que fizeram e como estas impactaram o "modo de ser movimento" do Movimento de Moradia da Leste II. Demonstraremos que este processo foi permeado por uma constante tensão entre o legado movimentalista construído na relação com o Partido dos Trabalhadores e a demanda pragmática, onde a necessidade objetiva e imediata da casa se relacionava de forma mais ou menos conflituosa com um ideal de construção de uma nova sociedade. A partir de uma perspectiva relacional, buscaremos compreender atores situacionais em um contexto de mudança, almejando oferecer contribuições para a reflexão do que significa a atuação em movimento social nos dias atuais

Abstract: The housing movement network in São Paulo was weaved since 1980 through intersecting political networks, including activists of social movements, church-based activism and political parties, combining partisan and religious activism with other kinds of civic involvement. The East II Housing Movement is an organization that grew as a result of this intersection. East Zone of São Paulo is the poorest and most populated region of the city, and it has an important background of political mobilization on demands such as health, education and housing. Even today, the East House II Movement organized the struggle in this region through an intimate relation with church-based and Workers' Party (PT) activism. Past three decades, this relationship has been transformed. This research intents to understand these changes through the connection between past, present and future, analysing how the choices they did impacted the "way of being" movement of the East II Housing Movement. In this process was a constant tension between an ideal of building a new society (movementalist legacy) and the immediate need for housing (pragmatic demand). We intent to understand actors in a context of change and how the performance in social movements takes place today
Subject: Partido dos Trabalhadores (Brasil)
Movimentos sociais - Brasil
Igreja Católica - Brasil
Direito à moradia
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Hornhardt_AmandaCaroliniMenconi_M.pdf43.85 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.