Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/279471
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Envelhecimento, familia e transferencias intergeracionais em Montevideu, Uruguai
Title Alternative: Ageing, family and intergenerational tranfers in Montevideo, Uruguai
Author: Guidotti Gonzalez, Carolina Alondra, 1980-
Advisor: Aidar, Tirza, 1961-
Abstract: Resumo: Este trabalho delimita o panorama das configurações familiares em que os idosos montevideanos moram e das transferências em que participam, partindo de dados das Encuestas Continuas de Hogares do Instituto Nacional de Estadística del Uruguay, dos anos 2001 e 2007 e da pesquisa Saúde, Bem-estar e Envelhecimento, realizada pela Organização Pan-americana da Saúde de 2000. O objetivo é investigar em que medida os idosos, beneficiários do sistema de previdência social com alta abrangência (que os coloca numa situação econômica relativamente favorecida em relação aos grupos mais jovens), participam das dinâmicas de redistribuição desses benefícios nos hogares em que vivem com outras gerações. Com esse objetivo é elaborada uma caracterização dos hogares com idosos, considerando as condições de vida destes e as possíveis transferências de recursos e serviços dos quais participam. O estudo parte da hipótese de que a desigualdade sócio-econômica é peça chave para compreender as dinâmicas de transferências dentro e entre os hogares, assim como para delimitar as formas de solidariedade intergeracional nos mesmos

Abstract: This work outlines the framework of the family configurations in which the elderly population of Montevideo lives and the transfers they are involved. We will use data, obtained in 2001 and 2007, from the survey Encuesta Continua de Hogares of the Instituto Nacional de Estadística del Uruguay (National Institute of Statistics of Uruguay), and, also, from the survey on Health, Well-Being and Aging by the Pan American Health Organization of year 2000. The main objective is to investigate how older people, which are recipients of a broad social protection system and have an economic situation relatively better than the younger groups, participate of household intergenerational distribution dynamics. In order to achieve this goal, we elaborated a characterization of the elderly's households, considering the life conditions, the resources and service transfers in which they participate. The initial hypotheses is that the socioeconomic inequality is the key for understand the transfer dynamics into, and between the households and for delimiting the types (classes) of intergenerational solidarity
Subject: Idosos
Família
Relações entre gerações
Envelhecimento - Montevideu (Uruguai)
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2010
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
GuidottiGonzalez_CarolinaAlondra_M.pdf1.01 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.