Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/279372
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Segurança alimentar e governança para transgenicos : um estudo sobre o ativismo transnacional
Title Alternative: Food safety and governance : a study on transnational activism
Author: Carbone, Beatriz Junqueira Lage
Advisor: Cruz, Sebastião Carlos Velasco e, 1948-
Abstract: Resumo: A governança global pode ser descrita como um conjunto de arranjos entre atores do sistema internacional, que assume a forma de uma "teia" de mecanismos de controle. Verifica-se, que um dos objetivos de grandes organizações não governamentais é influenciar políticas internacionais por meio da atuação neste plano. Contudo, o acesso ás esferas mais efetivas nem sempre é aberto á participação de atores não estatais, ou possuem uma estrutura construída de modo a garantir a preponderância de atores poderosos. O comércio de transgênicos é alvo de coordenação internacional devido à necessidade de padronização de vários procedimentos relacionados á administração de seus riscos. Neste último plano, constata-se uma grande divergência de cunho marcadamente político quanto aos princípios a serem adotados como referências internacionais. Contudo, a regulamentação proposta pelo Regime Comercial prevalece nas relações multilaterais de comércio, contrariando sobremaneira a postura defendida por grandes organizações da sociedade civil na União Européia. Deste modo, esta dissertação se propõe a analisar que estrutura de oportunidades uma destas ações civis, a campanha "Diga não á engenharia genética", vem buscando utilizar a fim de atuar sobre a governança para os transgênicos.

Abstract: Global governance can be described as a series of arrangements among actors of the international system, which take on the form of a "web" of control mechanisms. It verifies that an objective of large non-government organizations is to influence international politics through the implementation of actions in this plan. However, access to the most effective spheres is not always possible for non-state actors, or the spheres have a set structure which guarantees the preponderance of powerful actors. The trading of transgenics is the target of international coordination due to a necessity to standardize various procedures related the administration of its risks. In this last plan a large difference of opinion was noticed, markedly political as much as the principles which should be adopted as international references. However, the regulation proposed by the Commercial Regime prevails in the multilateral trade relations, particularly running contrary to the stand defended by large organizations from the European Union Social Society. Therefore, this dissertation proposes to analyze which opportunities structure one of these civil actions, the campaign "Say No to Genetic Engineering", looks to use in order to ultimately act over governance for transgenics
Subject: Organismos transgenicos - Governança
Paises da União Europeia - Relações exteriores
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2009
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Carbone_BeatrizJunqueiraLage_M.pdf760.38 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.