Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/279333
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: A produção Social do Santo : um estudo do processo de beatificação do padre Rodolfo Komorek
Title Alternative: The social production of the Saint : a study on the beatification processes of priest Rodolfo Komorek
Author: Soares, Hugo Ricardo, 1980-
Advisor: Almeida, Ronaldo Romulo Machado de, 1966-
Abstract: Resumo: O tema desta pesquisa é a produção social de um santo católico. Para desenvolvê-la, parto de alguns pressupostos objetivando orientar minhas análises. Entendo que a produção de um santo, mais do que um fenômeno jurídico-teológico, possui uma dimensão social articulando e determinando a dinâmica deste processo. Para analisar esta questão, ocupo-me com o caso da produção da crença e da devoção ao padre salesiano polonês Rodolfo Komórek que viveu os últimos nove anos de sua vida em São José dos Campos, Estado de SP. Foi nesta cidade que, após sua morte em 1949, floresceu de forma efetiva sua santidade. Vários sãos os grupos envolvidos no processo de produção do santo, cada qual com seus interesses, objetivos e maneiras de participação. De forma clara existem dois que são principais: os especialistas do sagrado (representados por membros da Congregação Salesiana de São José dos Campos) e os devotos leigos. Os primeiros produzem uma série de bens simbólicos que eles mesmos distribuem para os fiéis objetivando encaixar o santo e a devoção a ele rendida nos moldes determinados pela Teologia. Os seguintes, mais do que meros consumidores desses bens, também são produtores ativos, pois, re-significam estes bens adaptando-os conforme suas necessidades contextuais. A primeira grande conclusão a que se chegou, a partir do estudo desta relação dialética entre especialistas do sagrado e leigos, é de que os bens simbólicos produzidos neste processo seguem um sentido de mão dupla, pois são gerados pela Igreja e lançados num campo social específico, depois são absorvidos pelos leigos, re-significados de acordo com as necessidades contextuais dessas pessoas e exteriorizados sob diversas formas, a mais óbvia é o próprio ato devocional. A segunda conclusão é de que cada etapa deste processo necessita da outra para que seu produto final seja efetivo. Este é um sistema que se retroalimenta e que também possibilita aumentar o capital simbólico dos produtores desses bens. Todas estas sanções e rituais de consagração que marcam as etapas pelas quais são atribuídos os bens simbólicos geram na verdade um sentido espiralar, ou seja, um sentido crescente na legitimidade do santo e também dos fazedores de santo.

Abstract: The theme of thios research refers to the social production of a catholic saint. To develop it, I start from some previous concepts aiminy to lead then to may analysin. I comprehend that the production of a saint, more than a theological-juridic phenomenon, also has a social dimension articulating and determining the dynamic of the whole process. To analyse this question, I occupy fully myself in the production of the belief and also in to the devotion to salesian Polish priest Rodolfo Komórek who lived his last nine years in São José dos Campos, São Paulo, Brasil. It was after his death in 1949, that his sanctity blossomed effectively in this town. Many groups are envolved in the process of the production of the saint, each group with their own interests and objectives. Ther two main groups: the experts on the sacredness and the non-experts. The first ones produce several symbolic assets which are distributed to the faithful people aiming to fit the saint ando devotion to him on the patterns determined by the Theology. The second group, more than consumers, are also manufacturers since they resignify these asset, adapting according to the context needs. The first great conclusion that came from this study of dialectual relationship between the sacredness and the layman, is that the symbolic assets manufactured in this process fallow two way traffic, since they are generated by the Church and launched into the specific social field, after that absorved by the laymen, resignified according to the contextual needs of the people and expressed on different ways, the most obvious one is the devotion act itself. The second conclusion is that each stage process needs one another to come to the final effective product. The system feeds it self and also makes possible increase the symbolic capital assets of the manufacturers. All these sanctions and rituals of the consecration that mark the stage on the symbolic assets are attributed and they generate, in fact, a coil sense, in other words, a crescentic sense of legitimating of the saint and the making saints.
Subject: Komorek, Rodolfo, 1890-1949
Catolicismo
Santos cristãos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2007
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Soares_HugoRicardo_M.pdf1.77 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.