Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/279147
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Enviado especial a... : uma analise antropologica da cobertura da imprensa brasileira das guerras na ex-Iugoslavia (anos 90)
Author: Peres, Andréa Carolina Schvartz
Advisor: Thomaz, Omar Ribeiro, 1965-
Abstract: Resumo: A desagregação da antiga República Federativa da Iugoslávia e as quatro guerras que então se sucederam - as guerras na Eslovênia, na Croácia, na Bósnia-Herzegóvina e no Kosovo - foram objeto da mídia em todo o mundo, inclusive no Brasil. Nesta dissertação, analiso a cobertura dessas guerras pela imprensa escrita brasileira, particularmente a realizada pelos jornais Folha de S. Paulo e O Estado de S. Paulo, tendo em vista algumas hipóteses iniciais de pesquisa: (a) há uma mudança significativa na abordagem dos conflitos do período da guerra fria para o período seguinte, pós-guerra fria, que abandona progressivamente um vocabulário predominantemente "estratégico" por um crescentemente "culturalista"; (b) a imprensa passa a enfatizar supostas diferenças ontológicas entre as populações em conflito, afirma a existência de nós x eles, e aponta para uma crescente naturalização e apolitização dos conflitos; (c) a imprensa atualiza uma tradição discursiva de representação dos Bálcãs. Para tanto, procurei compreender o modo como funcionam os jornais, como se dá a produção da notícia e como trabalham os jornalistas, particularmente, os enviados especiais brasileiros que foram à ex Iugoslávia fazer a cobertura. Ao longo da pesquisa, constatei a existência de um discurso sobre as guerras na ex-Iugoslávia recorrente na imprensa. Uma etnografia da imprensa - a leitura sistemática dos principais jornais, a compreensão da dinâmica do jornalismo internacional, a realização de entrevistas com os enviados especiais às diferentes guerras na ex-Iugoslávia - acabou não apenas por confirmar parte das hipóteses esboçadas como demonstrar uma série de aproximações e distanciamentos entre o jornalismo e a própria antropologia, quer no que diz respeito ao uso de determinados conceitos, quer, sobretudo, na forma como imprensa acaba por reproduzir determinadas categorias constitutivas da alteridade

Abstract: The disruption of the former Federal Republic of Yugoslavia and the four following wars in Slovenia, Croatia, Bosnia-Herzegovina, and Kosovo, were on the news worldwide including Brazil. In this dissertation, the written press coverage of these wars in Brazil is analyzed, particularly the coverage by the Folha de S. Paulo and O Estado de S. Paulo newspapers, based on some initial hypotheses: (a) there is a significant change on the approaches of these conflicts from cold war period to the next period, post-cold war, which abandons progressively a strategic vocabulary, for an increasing culturalistic one; (b) the press starts to emphasize supposed ontological differences among the populations in the conflicts, ratifies an existence of an We versus Them, and indicates an increasing naturalization and apoliticization of the conflicts; (c) the press updates a discursive tradition of representation of the BaIkans. For that, I tried to understand the way the written press works, how the news are produced and how the journalists operate, particularly, the Brazilian correspondents that visited the former Yugoslavia to cover the war. Throughout the research, I noticed the existence of a recurring rhetoric in the press about this wars. An ethnography of the written press - a systematic reading of the main local newspapers, an understanding of the international journalism dynamics, and the interviewing of Brazilian correspondents sent to these different wars - not only ended up confirming part of the hypothesis presented before, but also demonstrating similarities and differences between the journalism and the anthropology itself: some of them related to the use of certain concepts, and others, moreover, related to the way the press reproduces certain categories of alterity
Subject: Imprensa - Poços de Caldas (MG) - História
Iugoslavia, Guerra da - 1991-1995
Jornais brasileiros
Kosovo (Servia) - História - Guerra
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: PERES, Andréa Carolina Schvartz. Enviado especial a...: uma analise antropologica da cobertura da imprensa brasileira das guerras na ex-Iugoslavia (anos 90). 2005. 289 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciencias Humanas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/279147>. Acesso em: 4 ago. 2018.
Date Issue: 2005
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Peres_AndreaCarolinaSchvartz_M.pdf10.09 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.