Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/279012
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: A medicina e o urbano : o Instituto de Higiene de São Paulo e a formação de sanitaristas (1918-1928)
Title Alternative: Medicine and the urban : the Institute of Hygiene of São Paulo and the training of health workers (1918-1928)
Author: Correia, Luciana Cristina, 1985-
Advisor: Bresciani, Maria Stella Martins, 1939-
Abstract: Resumo: O presente texto de dissertação analisa as relações entre medicina e espaço urbano presentes na cadeira de Higiene da Faculdade de Medicina de São Paulo, no período entre 1918 e 1928. A intenção é acompanhar e analisar o olhar dos médicos pertencentes ao departamento de Higiene para as cidades paulistas. Para tanto, primeiramente, recuperamos aspectos do campo médico paulista no início do século XX, por meio de pesquisa bibliográfica. Analisamos também as mudanças na legislação estadual que deu origem à Faculdade de Medicina, bem como a trajetória da Fundação Rockefeller, pois levamos em consideração o fato de que a cadeira de Higiene possuía um laboratório anexo, o Instituto de Higiene. Tanto a cadeira como o Instituto de Higiene são frutos de um acordo entre a Faculdade de Medicina e a Fundação Rockfeller. Assim, buscamos enfatizar em nossa leitura que a cooperação entre essas duas instituições coaduna-se com a atuação internacional da Fundação Rockefeller. Para analisar especificamente a estrutura da disciplina de Higiene, utilizamos os relatórios dos professores responsáveis pela disciplina no Instituto, enviados à Fundação Rockefeller e também a inspeção sanitária realizada pelo médico Mário da Costa Galvão em Mogi das Cruzes para demonstrar que o olhar dos médicos voltava-se especialmente para os equipamentos sanitários das cidades

Abstract: This text dissertation analyzes the relationship between medicine and urban space in the present chair of Hygiene, Medical School, São Paulo, between 1918 and 1928. The intention is to observe and analyze the look of doctors belonging to the department of Hygiene for the cities of São Paulo. To do so, first, we recover aspects of the medical field São Paulo in the early twentieth century, through literature. We also analyzed changes in state law that gave rise to the Faculty of Medicine as well as the trajectory of the Rockefeller Foundation since we take into consideration the fact that the chair had a laboratory attached, the Institute of Hygiene. Both the chair and the Institute of Hygiene are the result of an agreement between the School of Medicine and the Rockefeller Foundation. So we try to emphasize in our reading that the cooperation between these two institutions is consistent with international operations of the Rockefeller Foundation. To specifically analyze the structure of the discipline of Hygiene, we use the reports of teachers responsible for discipline in the Institute sent to the Rockefeller Foundation and also the sanitary inspection performed by the doctor Mario Costa Galvão in Mogi das Cruzes to demonstrate that physicians look-back especially for sanitation of cities
Subject: Instituto de Hygiene (São Paulo, Estado) - História
Saúde pública - História
Medicina - História
Cidades e vilas - História
Sanitaristas
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: CORREIA, Luciana Cristina. A medicina e o urbano: o Instituto de Higiene de São Paulo e a formação de sanitaristas (1918-1928). 2013. 157 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/279012>. Acesso em: 22 ago. 2018.
Date Issue: 2013
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Correia_LucianaCristina_M.pdf2.53 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.