Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/278841
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.CRUESPUNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINASpt_BR
dc.contributor.otherMarques Filho, Luiz Cesar, 1952-pt_BR
dc.descriptionOrientador: Luiz Cesar Marques Filhopt_BR
dc.descriptionDissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanaspt_BR
dc.format.extent188 p. : il.pt_BR
dc.format.mimetypeapplication/pdfpt_BR
dc.languagePortuguêspt_BR
dc.typeDISSERTAÇÃOpt_BR
dc.titleDe gli habiti antichi, et moderni di diuersi parti del Mondo (1590) de Cesare Vecellio : tradução parcial e ensaio críticopt_BR
dc.title.alternativeDe gli habiti antichi, et moderni di diuerse parti del mondo (1590) by Cesare Vecellio : partial translation and critical essaypt_BR
dc.contributor.authorCarvalho, Larissa Sousa de, 1988-pt_BR
dc.contributor.advisorFilho, Luiz Cesar Marquespt_BR
dc.contributor.institutionUniversidade Estadual de Campinas. Instituto de Filosofia e Ciências Humanaspt_BR
dc.contributor.nameofprogramPrograma de Pós-Graduação em Históriapt_BR
dc.subjectVecellio, Cesare, ca. 1521-1601pt_BR
dc.subjectRenascença - Veneza (Italia)pt_BR
dc.subjectVestuáriopt_BR
dc.subjectArte italianapt_BR
dc.subject.otherlanguageRenaissance - Venice (Italy)en
dc.subject.otherlanguageClothing and dressen
dc.subject.otherlanguageArt, Italianen
dc.description.abstractResumo: A pesquisa apresenta como principal objeto de análise a obra De gli habiti antichi, et moderni di diuerse parti del mondo (1590), do italiano Cesare Vecellio (c.1521-1601). Uma segunda edição foi publicada sob o título Habiti antichi et moderni di tutto il mondo em 1598. Essa apresenta um projeto diverso da primeira, tendo seu conteúdo iconográfico ampliado, ao contrário dos comentários do autor, omitidos ou simplesmente reduzidos. O surgimento deste gênero de publicação, os chamados "livros de vestuário", ocorreram durante o século XVI, juntamente ao interesse cartográfico e enciclopédico. A época do autor presenciou a rápida expansão da imprensa em Veneza, dos studioli, os cabinets de curiosité e os Wunderkämmern, além de acompanhar a criação de uma rede interligada de publicações que firmavam um repertório de "tipos sociais" repetidos ao longo desses anos e que auxiliava na visão que, sobretudo os venezianos, tinham do restante do mundo. O teor da obra, grosso modo, permeia os costumes - em um sentido bastante amplo - aliados à representação de uma série de trajes. Vecellio não apenas representa a vestimenta europeia, como também inclui exemplares asiáticos, africanos e americanos. Essa antologia do vestuário mundial também é considera por alguns autores como a primeira história moderna do vestuário, já que são concebidas imagens comentadas de povos da Antiguidade até o século do autor, em um amplo espectro geográfico. No presente trabalho intenta-se perceber, portanto, o projeto da obra vecelliana. A partir de três ensaios discutiremos a respeito da ruína de valores antigos e da mutação (a veste aliada ao mito veneziano, a questão da boa governança e prosperidade das cidades, a relação entre antigo e moderno etc.); em seguida, problematizaremos a postura de Veneza ao projetar uma imagem positiva da cidade em meio a um contexto conturbado, bem como o modo vecelliano de dialogar com essa questão mediante a apresentação de "tipos sociais" (doge, virgem veneziana, cortesã...) associados à auto-imagem do Estado; e, por fim, apresentamos um panorama de sua obra, cujo objetivo será compreender a postura e o discurso de nosso autor frente à alteridade, discutindo, assim, algumas noções e a problemática do "Eu" que se define a partir do "Outro". Em correlato, propõe-se a tradução parcial do conteúdo da obra para uma versão portuguesa (inédita e comentada), no intuito de contribuir para as discussões teóricas - ínfimas em nossa realidade brasileira -, sem abandonar, entretanto, o escopo aqui descritopt
dc.description.abstractAbstract: This research presents as main object of analysis the book De gli habiti antichi, et moderni di diuerse parti del mondo (1590), by the Italian author Cesare Vecellio (c.1521-1601). A second edition was published with the title Habiti antichi et moderni di tutto il mondo in 1598. This edition presents a project different from the first one. Its iconographic content is expanded, whereas the author's comments are either reduced or even omitted. The emergence of this type of publication, called costume books, occurred during the Sixteenth Century, along with the cartographic and encyclopedic interest. The period in which the author lived, witnessed the rapid expansion of the printing press in Venice, as well as of the studioli, the cabinets de curiosité and Wunderkammern. Apart from that, those years followed the creation of an interconnected network of publications that established a repertoire of "social types", repeated throughout the years, and helped in the idea that, especially the Venetians, had about the rest of the world. The content of the work covers the habits - in a very broad sense - combined with the representation of a variety of costumes. Vecellio does not only represent European clothing, but he also includes Asian, African and American costumes. This anthology of world clothing is also considered, by some authors, as the first modern history of costume, since it covers commented images from Antiquity until the time of the author, in a broad geographical spectrum. In this text we aim to understand the project of the Vecellian work. Starting with three essays of the current study, we will discuss the ruin of the old values and the mutation (clothing associated with the Venetian myth, the issue of good governance and prosperity of cities, the relationship between ancient and modern etc.); then we will problematize the posture of Venice, which projects a positive image of the city within a turbulent context, as well as the Vecellian way of discussing this subject while presenting the "social types" (doge, Venetian virgin, courtesan...), associated with the State's self-image; finally, we will present an overview of his work, whose purpose will be to understand the author's posture and the discourse towards otherness, discussing some problematic notions of the "I", which is defined from the confrontation with the "Other". Furthermore, together with this, we propose a partial translation of the content of the book into a Portuguese version (unpublished and commented), with the intention of contributing to the theoretical debate - very restricted in our Brazilian reality -, without abandoning, however, the scope described hereinen
dc.publisher[s.n.]pt_BR
dc.date.issued2013pt_BR
dc.identifier.citationCARVALHO, Larissa Sousa de. De gli habiti antichi, et moderni di diuersi parti del Mondo (1590) de Cesare Vecellio: tradução parcial e ensaio crítico. 2013. 188 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/278841>. Acesso em: 22 ago. 2018.pt_BR
dc.description.degreelevelMestradopt_BR
dc.description.degreedisciplineHistoria da Artept_BR
dc.description.degreenameMestra em Históriapt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameMigliaccio, Lucianopt_BR
dc.contributor.committeepersonalnameBerbara, Maria Cristina Louropt_BR
dc.date.available2018-08-22T18:03:34Z-
dc.date.accessioned2018-08-22T18:03:34Z-
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2018-08-22T18:03:34Z (GMT). No. of bitstreams: 1 Carvalho_LarissaSousade_M.pdf: 23224889 bytes, checksum: 87808a1fa3818c985298723245553554 (MD5) Previous issue date: 2013en
dc.identifier.urihttp://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/278841-
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Carvalho_LarissaSousade_M.pdf22.68 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.