Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/278281
Type: TESE
Title: Influência de anisotropia induzida e magnetostrição na magnetoimpedância e em sua relaxação em fitas amorfas de FeCoSiB
Author: Pirota, Kleber Roberto, 1973-
Advisor: Knobel, Marcelo, 1968-
Abstract: Resumo: Magnetoimpedância Gigante ( GM/) é o termo utilizado para descrever variações grandes e sensíveis na impedância, medida a alta frequência, de um material magnético doce, causadas pela aplicação de um campo magnético externo. Desde de sua descoberta recente, a GMI tem atraído muita atenção devido .as enormes perspectivas de aplicações tecnológicas, principalmente em sensores magnéticos. O mecanismo básico responsável pelo fenômeno da GMI está relacionado a mudanças na profundidade de penetração causadas pelas mudanças ocorridas na permeabilidade transversal da amostra devido a aplicação do campo externo. Outro efeito bastante interessante, que foi recentemente descoberto em amostras amorfas, é a lenta relaxação da sua impedância após uma mudança súbita na configuração de domínios. Este efeito, conhecido como aftereffect da GMI (MIAE), possui implicações técnicas importantes pois, após o rearranjo de estrutura de domínios da amostra, sua impedância leva alguns segundos para atingir um valor de equilíbrio, seguindo uma cinética quase-logarítirnica. Propõe-se que este efeito está conectado com o da relaxação da permeabilidade inicial ( desacomodação ). Este trabalho apresenta resultados do efeito da GMI e de sua relaxação em fitas amorfas de composição (FexCO1-x)7OSi12B18 com valores de x próximos de 0.057, antes e depois de um tratamento térmico tendo as seguintes condições: 1 h de pré-tratamento a uma temperatura de 360°C seguido de 1 h de tratamento a uma temperatura de 340oC, porém com uma tensão de 400 MPa aplicada longitudinalmente à amostra.. Foi estudada a influência da constante de magnetostrição de saturação ls e da anisotropia induzida pelo referido tratamento, nos efeitos da GMI e do MIAE. Foi verificado que a forma da curva GMI vs. campo externo é extremamente sensível a anisotropia induzida pelo tratamento térmico, e que o MIAE foi drasticamente reduzido após o tratamento. Os resultados do MIAE obtidos para uma frequência de 100 kHz da corrente de sonda foram explicados utilizando os modelos de desacomodação já existentes, enquanto que a causa do efeito para 900 kHz foi atribuída a mecanismos de dissipação

Abstract: Giant Magnetoimpedance (GMI) is a term coined to describe large and sensitive field induced changes in the high frequency impedance of soft magnetic materials. Since its recent discovery, GMI has attracted much attenction owing to the enormous perspectives in technological aplications, mainly as magnetic field sensors. The basic mechanism responsible for the GMI phenomenon is the change of the magnetic penetration depth through field induced modifications of the transversal permeability. Another interesting effect that has been recently discovered in amorphous samples is the slow relaxation of the impedance after a sudden change of the domain configuration. This effect, known as Magnetoimpedance Aftereffect (MJAE), has important technical implications because the impedance takes few seconds to achieve a stable value, following a quasi-logarithmic kinetics. This effect seems to be connected with the relaxation of the initial magnetic permeability (disaccommodation). This work presents results of GMJ effect and its relaxation in amorphous ribbons of composition (FexCo1-x)7OSi12B18 whith x values close to 0.057, before and after a thermal annealing consisting of 1 h pre-annealing at 360°C followed by 1 h stress-annealing at 340°C whith applied tensile stress of 400 MPa. The influence of saturation magnetostricton constant ls and anisotropy induced by this particular annealing was studied on GMJ and MJAE effects. It was verified that the shape of the impedance vs. applied field curves results to be extremely sensitive to the induced anisotropies, and that the MIAE effect was drastically suppressed after annealing. The results of MlAE obtained from 100 kHz frequency of driving current are aplained using the existent disaccommodation models, while in the case of 900 kHz dissipatives mechanisms were considered.
Subject: Impedância (Eletricidade)
Substâncias amorfas
Anisotropia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1998
Appears in Collections:IFGW - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Pirota_KleberRoberto_M.pdf6.77 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.