Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/277718
Type: TESE
Title: Estudo de anisotropias de UHECR's em dados do Observatório Pierre Auger
Title Alternative: Study of anisotropies of cosmic rays in data from the Pierre Auger
Author: Almeida, Rogerio Menezes de
Advisor: Kemp, Ernesto, 1965-
Abstract: Resumo: Quase um século após o descobrimento da radiação cósmica, sua origem, composilção, mecanismos de aceleração e propagação pelo universo são ainda desconhecidos para a faixa de energia ultra-alta (E >~ 10 18 eV). O mistério torna-se ainda maior devido à supressão (corte GZK) no uxo dos raios cósmicos com energias E >~ 6 × 10 19 eV, devido à interação destas partículas com a radiação cósmica de fundo, previsto há cerca de 40 anos. Assim, espera-se que os raios cósmicos com energia acima deste limiar sejam provenientes de fontes distantes em até ~ 200 Mpc. Uma vez que nosso universo local é bastante heterogêneo e a rigidez magnética destas partículas é bastante elevada, espera-se que a distribuição das direções de chegada dos raios cósmicos de energia ultra-alta possa ser correlacionada com as direções de suas fontes, refletindo a anisotropia do universo local. Neste sentido, estudos de anisotropias nas direções de chegadas de tais partículas desempenham papel crucial na investigação da radiação cósmica e compreensão do universo. Este trabalho dedica-se ao estudo de anisotropias de pequena e larga escalas. No primeiro caso, procuramos UHECR¿s correlacionados com o surto gigante de radiação gama emitido pelo SGR 1806-20 em dezembro de 2004. Outro caso estudado é a análise de direções da esfera celeste com excessos de raios gama com significâncias estatísticas maiores que 4s, não associadas a fontes conhecidas, reportadas pela Colaboração JANZOS. Ainda com relação a anisotropias de pequena escala, são estudadas aplicações de filtros de wavelets para detecção de fontes pontuais. No contexto de anisotropias de larga escala, relacionadas a grandes distribuições de matéria, desenvolvemos um método de identificação de anisotropias independente de catálogos de objetos celestes, chamado MIIE. Testamos sua eficiência através de testes de hipóteses e o aplicamos a conjunto de eventos com energia extrema obtidos de dados do Observatório Pierre Auger

Abstract: Almost a century after the discovery of cosmic radiation, their origin, composition, acceleration and propagation mechanisms in the universe is still unknown for the ultra-high energy component ( > ~ 1018 eV). The mystery grows due to the suppression (GZK cutoff) in the ux of cosmic rays with energies E >~ 6 × 10 19 eV, caused by the interaction of these particles and the cosmic microwave background, predicted ~ 40 years ago. Thus, it is expected that cosmic rays with energy above this threshold are produced in sources within ~ 200 Mpc. Since our local universe is very inhomogeneous and the magnetic rigidity of these particles is very high, it is expected that the distribution of the arrival directions of ultra-high energy cosmic rays can be correlated with the directions of their sources, reflecting the anisotropy of our local universe. In this way, anisotropy studies play crucial role in the research of cosmic radiation and understanding of the universe. In this work, small-scale anisotropy, related to the study of point sources, are studied searching for UHECR¿s correlated with the giant are from SGR 1806-20 in December 2004. We have also analized directions with an excess of gamma rays with statistical significance S > 4s, not associated with any known sources, reported by the JANZOS Collaboration. Also, in this thesis wavelets are applied in the detection of point sources. In the context of anisotropy related to large distributions of matter, called large scale anisotropy, we propose a new anisotropy identification method independent of catalogs, so-called MIIE. We test its efficiency through hipothesis tests and apply it to events set obtained from the Pierre Auger data
Subject: Observatório Pierre Auger
Raios cósmicos
Anisotropia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2009
Appears in Collections:IFGW - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Almeida_RogerioMenezesde_D.pdf29.18 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.