Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/277640
Type: TESE
Title: Dissipação de energia devida ao movimento de fluxo magnético em supercondutores
Author: Boboshko, Natalia
Advisor: Pinatti, Daltro Garcia, 1940-
Abstract: Resumo: Analisando-se os resultados experimentais existentes sôbre a dissipação de energia em supercondutores, tentou-se uma escolha de condições experimentais de forma a permitir a separação de alguns fenômenos dissipativos. A partir desta análise, estudou-se a dissipação de energia em filmes supercondutores devida ao movimento de fluxo magnético por meio de um pêndulo de torção. A análise dos dados experimentais obtidos permitiu encontrar uma região na curva da dissipação, onde a dissipação devida ao "aprisionamento" pode ser desprezada em relação a outros fenômenos dissipativos, o que indicou a possibilidade de separação destes fenômenos. A separação do efeito devido ao "aprisionamento" permitiu encontrar uma nova expressão empírica da dissipação, para as amostras estudadas, em função de alguns parâmetros (velocidade dos vórtices, campo magnético aplicado e temperatura), e concluir o seguinte: a dissipação de energia em supercondutores tanto "ideais" como "reais" é regida por diversos fenômenos, sendo que o fenômeno, explicado pelas teorias do tipo de Bardeen e Stephen 7, não parece ser o fenômeno predominante nos supercondutores do tipo I, e dependendo da temperatura, pode se tornar desprezível em relação a outros fenômenos. Os resultados experimentais permitiram formular uma explicação fenomenológica do novo efeito dissipativo. Verificou-se que a expressão empírica por nós obtida concorda com os resultados experimentais de R.D.Smith21, e é mais satisfatória na explicação dos resultados da experiência de Kim et al. 6 do que as expressões até agora usadas. Verificou-se também, que os resultados experimentais de Fogel' 30 podem ser explicados se considerarmos que a energia dissipada é soma do efeito Bardeen-Stephen mais o efeito encontrado neste trabalho. Estudou-se a influência do envelhecimento da amostra na dissipação de energia. Os resultados experimentais obtidos, além de concordarem com a nossa explicação fenomenológica do efeito dissipativo, levaram-nos a definir um coeficiente a que caracteriza as propriedades dissipativas de cada amostra. Encontrou-se experimentalmente dissipação de energia em filmes supercondutores de estanho em movimento em campo magnético homogêneo; os dados experimentais obtidos trouxeram argumentos a favor da nossa explicação fenomenológica da dissipação e permitiram formular um modêlo de formação de lamelas em supercondutores do tipo I

Abstract: Not informed.
Subject: Supercondutores
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1976
Appears in Collections:IFGW - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Boboshko_Natalia_D.pdf2.5 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.