Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/277503
Type: TESE
Title: Estudos de absorção de microonda em supercondutores de alta-Tc e em compostos de magnetoresistência gigante
Author: Pagliuso, Pascoal José Giglio, 1971-
Advisor: Rettori, Carlos, 1941-
Barberis, Gaston Eduardo, 1941-
Abstract: Resumo: Experimentos de absorção de microonda são muito utilizados em compostos onde o estudo da impedância de superfície Zs pode revelar propriedades físicas importantes do material, na freqüência de microonda. Nos compostos supercondutores em especial, a resposta dos vórtices ao campo magnético da microonda pode gerar efeitos dissipativos que são estudados através da variação da resistência da superfície (Rs) da amostra, e que podem revelar informações sobre as possíveis dinâmicas dos vórtices e de sua interação como meio supercondutor (viscosidade). No presente trabalho, realizamos uma adaptação do nosso espectrômetro de E.P.R. para viabilizar o estudo do comportamento de Rs sem prejudicar a utilização convencional do espectrômetro. Utilizamos como parâmetro de medidas a tensão dc proveniente do cristal detector que é inversamente proporcional ao fator de qualidade da cavidade (Q), sendo portanto diretamente proporcional a resistência de superfície (Rs). Realizamos então medidas do nosso sinal dc relativo à absorção para os compostos de Bi2 Sr2 Ca2 CU3010 em pó e cerâmico e em cerâmicas de La1-xCaxMnO3, que recentemente vem sendo muito estudado por apresentarem efeitos de magnetoresistência negativa gigante próximo a um ordenamento ferromagnético e uma transição isolante-metal. Nos estudos do comportamento do nível de absorção em função do campo magnético aplicado no composto Bi2 Sr2 Ca2 CU3010 em pó observamos diferentes comportamentos que refletem mudança na dinâmica da rede de vórtices. Para T < 30K encontramos um comportamento anômalo para o nível de absorção, que diminui de valor com o aumento no campo magnético aplicado. Isto significa uma diminuição da resistência de superfície com o campo, ou seja, em efeito de magnetoresistência negativa. Coffey-Clem estudando a respostas dos vórtices ao campo magnético alternado, desenvolveram um modelo que prevê para experimentos a freqüência de microonda e temperatura fixa, um comportamento de ÖH da resistência de superfície em função do campo magnético aplicado. Para T > 30 K nós mostramos que temos dois comportamentos ÖH com coeficientes diferentes para H < H*(T) e H > H*(T). O campo de crossover H*(T) foi identificado como o campo de desacoplamento dos vórtices, ou seja, um ponto de transição de um regime de dissipação 3D para 2D. Baseado neste resultado sugerimos algumas possíveis interpretações para o comportamento anômalo encontrado abaixo de 30 K. Para os compostos de magnetoresistência negativa gigante La1-xCaxMnO3 realizamos medidas de absorção de microonda em função da temperatura para diferentes campos magnéticos aplicados e em função do campo para diversas temperaturas. Para alguns destes compostos foi possível observar através do comportamento de Rs uma transição isolante-metal próximo à temperatura de ordenamento ferromagnético. Porém nestas medidas não foi possível observar o efeito de magnetoresistência negativa devido à presença de grande absorção de microonda em forma ressonante, proveniente da linha de ressonância ferromagnética atribuída ao sistema Mn+3-0-Mn+4 acoplado via interação de dupla-troca

Abstract: Not informed.
Subject: Supercondutividade
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1996
Appears in Collections:IFGW - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Pagliuso_PascoalJoseGiglio_M.pdf2.85 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.