Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/277110
Type: TESE
Title: Desenvolvimento de uma técnica multimodal associando eletroencefalografia e imagens funcionais por ressonância magnética para o estudo de memória operacional : aplicação em indivíduos com epilepsia de lobo temporal mesial associada a atrofia hipocampal
Author: Ozelo, Helka Fabbri Broggian
Advisor: Covolan, Roberto José Maria, 1955-
Abstract: Resumo: Neste trabalho, uma técnica multimodal envolvendo eletroencefalografia (EEG) e imagens funcionais por Ressonância Magnética (fMRI) foi implementada a fim de realizar estudos sobre memória operacional em um grupo de indivíduos, incluindo controles e pacientes com epilepsia do lobo temporal mesial (ELTM) associada à atro½a hipocampal esquerda. Para isso, uma série de testes de memória foram implementados. Estes testes foram baseados em um paradigma em blocos dividido em períodos de codificação e retenção de memória, otimizados com relação ao tempo de duração para que se adequassem tanto à análise de EEG quanto para a análise de fMRI. O paradigma foi apresentado aos indivíduos no primeiro momento durante a aquisição de EEG e posteriormente durante a aquisição de fMRI. Os dados de EEG indicaram a presença de oscilações theta (4-8 Hz) na região do córtex frontal e oscilações alfa (9-12 Hz) na região do córtex parieto-occipital, em ambos os grupos durante todo o período de codi.cação. No entanto, durante a retenção só foi observada a presença do ritmo alfa nas regiões mais posteriores, envolvendo principalmente as áreas temporo-parietais. Diferentemente do que é encontrado na literatura, foram estabelecidas correlações entre esses ritmos e respostas BOLD tanto positivas quanto negativas, envolvendo diferentes regiões cerebrais. No entanto, estas áreas de ativação e de desativação não eram concorrentes, mas sim vizinhas ou contralaterais. Embora ambos os grupos, controles e pacientes, tenham apresentado um desempenho semelhante na realização dos testes, houve discrepâncias entre os dois grupos com relação às estruturas corticais envolvidas na tarefa. Durante a codi.cação, o grupo controle apresentou a predominância de áreas de ativação no hemisfério cerebral esquerdo, enquanto que no grupo de pacientes a ativação foi igualmente distribuída entre os dois hemisférios. Esse achado sugere o fenômeno de neuroplasticidade, no qual áreas corticais adicionais seriam recrutadas para compensar as estruturas afetadas pela atrofia

Abstract: In this work, a multimodal approach involving electroencefalography (EEG) and functional Magnetic Resonance Imaging (fMRI) was implemented in order to perform studies on working memory in a group of subjects including controls and patients with mesial temporal lobe epilepsy (MTLE) associated with left hippocampal atrophy. In order to do that, a series of memory tests were implemented. These tests were based on a block paradigm containing epochs of memory codification and memory retention, optimized with respect to the time to fit both analysis of EEG and fMRI. The paradigm was presented to subjects for the first time during EEG acquisition and later during fMRI acquisition. EEG data indicated the presence of theta oscillations (4-8 Hz) in the frontal region and alpha oscillations (9-12 Hz) in the parieto-occipital region, in both groups. In the retention period, it was only observed the presence of the alpha rhythm in the posterior region, involving mainly the temporo-parietal regions. Diÿerently from what is found in the literature, correlations were established among these rhythms and both, positive and negative BOLD responses, but in diÿerent regions. Activation and deactivation zones were detected for all epochs. The deactivation zones were found not only in the neighborhood of the activation regions, but frequently in the homologous regions. Although both groups, controls and patients, presented similar performance for the memory tests, there were discrepancies between these groups in terms of the cortical structures involved in the memory task. In the control group, it was found predominance of activation at the left hemisphere whereas for the patient group activation was predominantly lateralized to the right, probably due to damage in the mesial temporal lobe structures. Such a finding is suggestive of the neuroplasticity phenomenon by which additional cortical areas would be recruited to compensate the structures affected by atrophy
Subject: Eletroencefalografia
Imagem de ressonância magnética
Memória de curto prazo
Epilepsia do lobo temporal mesial
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2008
Appears in Collections:IFGW - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ozelo_HelkaFabbriBroggian_D.pdf3.45 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.