Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/277047
Type: TESE
Title: Estudo cristalográfico da deformação plástica em monocristais de cobre
Author: Padua, Cleia Guiotti de
Advisor: Medrano, Ricardo Enrique, 1937-
Abstract: Resumo: Realizamos ensaios de deformação, com o objetivo de estudar as propriedades mecânicas de monocristais de cobre. Para isso foram crescidos monocristais laminares de 1mm de espessura, orientados convenientemente tal que os segmentos de discordância que predominem no cristal fossem do tipo em parafuso ou em cunha. Alguns monocristais não se comportaram de acordo com a Lei de Schmid, ou seja, começaram a se deformar fora do sistema que tem a tensão de cisalhamento resolvida maior, chamado sistema primário. Devido a isso foi determinado o sistema de deslizamento, seguindo as variações da orientação do eixo de tensão, no difratômetro de Raios-X. Os resultados dos ensaios mecânicos mostraram que a tens ao critica de cisalhamento resolvida no plano primário, era maior nos cristais com predominância de discordâncias do tipo cunha do que nos cristais com predominância de discordâncias do tipo parafuso. Também foi observado que no primeiro tipo de cristais a região I de deformação esteve praticamente ausente. Este fenômeno está associado à distintas tensões criticas de cisalhamento para distintos sistemas de deslizamento. Devemos mencionar que resultados similares já haviam sido observados no alumínio[3l]. No entanto, os efeitos superficiais muito importantes neste material, deixavam dúvidas se esses resultados eram devidos à cristalografia da deformação ou aos efeitos superficiais. No cobre, como os efeitos superficiais (camada de óxido) são praticamente inexistentes, os resultados obtidos foram atribuídos somente à cristalografia da deformação

Abstract: Single crystal plates of copper with a thickness of about 1mm, oriented for easy glide were deformed in tensile tests. In addition, the orientation of the Burgers vector of the deformation is carried mainly either by edge dislocation (E - type crystal) or by screw dislocation (S - type crystal). This follows from the fact that the slip line length is so large that one of the dislocation components escapes through the plate surface. The flow stress for E - type crystal is found to be higher than for S - type crystals. For E - type crystals the strain - hardening curve begins practically with the transition to stage II and violation of Schmid's law of critical resolved shear stress are observed: in E - type crystals deformation can star in a secondary system which has more screw character than the primary one. Similar results have been reported for aluminum single crystals[31], but due to the fact that aluminum have a strong oxide layer at the surface, the results could be related to either the crystallography of deformation or surface effects. In the case of copper the oxide layer is not adhered to the metal, therefore the present results are related to the crystallography of deformation
Subject: Cristalografia
Plasticos - Deformação
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1989
Appears in Collections:IFGW - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Padua_CleiaGuiottide_M.pdf3.16 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.