Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/277025
Type: TESE
Title: Estudo dos fonons dipolares do a-LiI03 em função da temperatura por espectroscopia no infravermelho
Author: Duarte, Jose Leonil
Advisor: Katiyar, Ram Sharan, 1945-
Abstract: Resumo: Estudo dos Fonons Dipolares do a-LiIO3 em Função de Temperatura por Espectroscopia no Infravermelho. O iodato de lítio na fase a pertence ao grupo espacial P63 (C66), possuindo duas fórmulas unitárias por célula primitiva. Os 30 graus de liberdade foram classificados por teoria de grupos. segundo as representações irredutíveis do grupo C6, em 5A + 5B + 5E1 + 5E2 e os modos óticos em 4A + 5B + 4E1 + 5E2 sendo que, desses, somente os modos de simetrias A e E1 são ativos no infravermelho. Neste trabalho foram obtidos espectros de refletividade entre 4000 e 50 cm-1, nas duas polarizações, sendo que entre 1000 e 50 cm-1 esses espectros foram obtidos em temperaturas de até 219ºC. Nesses espectros foram identificados todos os modos ativos no infravermelho previstos por teoria de grupos. Os espectros obtidos à temperatura ambiente foram analisados utilizando-se o modelo de dispersão clássica e a análise de Kramers-Kronig. Devido ã excelente concordância entre os valores das freqüências obtidas pelos dois métodos, os espectros obtidos em temperaturas altas foram analisados somente pelo modelo de dispersão clássica. Desse modo, foi determinado o comportamento, em função da temperatura, das freqüências de todos os modos LO e TO, dos coeficientes de amortecimento e da função dielétrica nessa região. Através da relação de Lyddane-Sachs-Teller foi possível determinar a contribuição dos fonons dipolares para a constante dielétrica em baixas freqüências, o que mostrou não haver contribuição dos fonons para o aumento anômalo da constante dielétrica, com a temperatura, observado em freqüências muito baixas. Foi observado também um pico de refletividade na simetria A, em 851 cm-1/, devido a um modo longitudinal pertencente à simetria E1

Abstract: Temperature Dependent Study of Polar phonons in a-LiIO3 by infrared Spectroscopy a-LiIO3 belongs to the space group P63 (C66), containing two formula units in the primitive cell. The 30 normal modes have been classified as 5A + 5B + 5E1 + 5E2 and, excluding pure translational modes, the optical modes may be written as follows: 4A + 5B + 4E1 + 5E2. In this work we have studied the polarized infrared reflectivity of a-LiIO3 in the region 4000-50 cm-1 and its temperature variation in the range 23 ¿ 219ºC. We have been able to identify all the infrared active transverse and longitudinal modes. The room temperature spectra have been analyzed using the classical oscillator formalism as well as Kramers-Kronig analysis. The results obtained by the two methods agree well with each other. At higher temperatures the spectra were analyzed by classical oscillator fit and the splittings between the transverse and longitudinal phonons were studied in order to calculate the phonon contribution to the dielectric constant. The results show that the frequency changes with temperature do not contribute to the anomalous behavior of the low frequency dielectric constant. Another interesting observation is the appearance of a reflectivity peak in the A symmetry spectrum due to a longitudinal mode belonging to the E1 symmetry
Subject: Fônons
Espectroscopia de infravermelho
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1980
Appears in Collections:IFGW - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Duarte_JoseLeonil_M.pdf1.98 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.