Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/277014
Type: TESE
Title: Caracterização de fibra monomodo
Author: Faria Junior, Ildefonso Felix de
Advisor: Srivastava, Ramakant, 1943-
Srivatava, Ramakant
Abstract: Resumo: Neste trabalho, duas técnicas para caracterização de fibras monomodo foram estudadas. Na primeira mede-se a intensidade no campo afastado da fibra e usando a expressão para fibra de índice degrau, determina-se a dependência de ângulo de meia intensidade q 1/2 e do ângulo q 0 para qual o campo mostra primeiro mínimo, com o parâmetro v. Medidas de q 1/2 e q 0 então fornecem valores de v e raio do núcleo da fibra. Na Segunda técnica, mede-se a variação do spot size w em função do comprimento da onda l usando a técnica de medição do campo próximo. Como esta distribuição é quase gaussiana para qualquer tipo de perfil, a medida de w é feita no ponto onde intensidade é de 1/e do valor máximo. Usando expressões obtidas na teoria do perfil degrau equivalente (ESI), obtém-se valores de v e a, a partir da curva w (l ). Esta técnica então fornece parâmetros de uma fibra equivalente de perfil degrau cujo campo próximo é o mesmo que da fibra real. Discutiremos as dificuldades de cada técnica e seus respectivos méritos

Abstract: In this work, two techniques for characterization of monomode fibers were investigated. In the first we measure the intensity in the far field of the fiber and, using the expression for step index fibers, we determine the dependence of the half intensity angle q 1/2 and first minimum angle q 0 where the field falls to zero, on the parameter v. Measuring the q 1/2 and q 0 we can determine the values of v and a, the radius of nucleus. In the second technique, we measure the behavior of the spot size with the wavelenbth using near field technique. Since the distribution in the near field resembles gaussian for any kind of profile, w is measured at the point where intensity is 1/e of the maximum value. Using expressions obtained in the theory of equivalent step index (ESI), we obtain values of v and a using the w (l ) curve. This technique gives us parameters of an equivalent step index fibers whose near field is the same as that of the real fiber. The difficulties of each technique and its merits were discussed.
Subject: Fibras óticas
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1982
Appears in Collections:IFGW - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
FariaJunior_IldefonsoFelixde_M.pdf1.63 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.