Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/276322
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Forense computacional e sua aplicação em segurança imunologica
Author: Reis, Marcelo Abdalla dos
Advisor: Geus, Paulo Lício de, 1956-
Abstract: Resumo: Soluções eficazes de detecção de intrusão continuam a ser perseguidas a medida que os ambientes computacionais tornam-se mais complexos e os atacantes continuamente adaptam suas tecnicas para sobrepujar as inovações em segurança de computadores. E nesse sentido que a adoção de melhores modelos de segurança, que representem de maneira mais proxima as condições em que a maioria das redes de computadores se encontra (um ambiente hostil e sujeito a falhas), pode representar um passo na direção dessa busca por soluções eficazes de detecção de intrusão. A analogia entre segurança de computadores e o sistema imunologico humano constitui uma rica fonte de inspiração para o desenvolvimento de novos mecanismos de defesa, sejam algoritmos e tecnicas de detecção de intrusão, polIticas de segurança mais atentas a existencia de falhas ou sistemas completos de segurança. Em linhas gerais, quando um microbio desconhecido e identificado pelo sistema imunologico humano, um mecanismo de aprendizado e aplicado com o intuito de adquirir conhecimento sobre o invasor e gerar um conjunto de celulas de defesa especializadas em sua detecção. Desse modo, a memoria imunologica e atualizada autonomamente, permitindo a identificação futura mais eficiente do mesmo microbio. Com o objetivo de mapear essa caracteristica de aprendizado para um sistema de segurança de computadores, baseado no modelo imunologico humano, este trabalho apresenta um estudo no sentido de se entender como utilizar a forense computacional, de maneira automatizada, na identificação e caracterização de um ataque. Como resultados desta pesquisa são apresentados a modelagem de um sistema de segurança imunologico, uma arquitetura extensIvel para o desenvolvimento de um sistema automatizado de analise forense e um prototipo inicial que implementa parte dessa arquitetura

Abstract: The challenge faced by intrusion detection is the design of more effective solutions as long as computer systems become more complex and intruders continually adapt their techniques to overcome the inovations on computer security. In this sense the adoption of better security models, that closely resembles the conditions in which most of computer networks are (a hostile and flawy environment), may represent a step towards the design of better solutions to intrusion detection. The analogy between computer security and the human immune system provides a rich source of inspiration to the development of new defense strategies, might it be intrusion detection algorithms and techniques, security policies more conscious about the existance of flaws or integrated security systems. When an unknown microbe is identified by the human immune system, a learning mechanism is applied in order to aquire knowledge about the intruder and to generate a set of defense cells specialized in its detection. In this way, the immune memory is autonomously updated, allowing a more efficient detection of the same microbe in the future. In order to map this learning feature to a computer security system, based on the human immune model, this dissertation presents a research towards the understanding of how to use computer forensics, in an automatic fashion, to identify and characterize a computer attack. As results to this research are presented the desing model to a computer immune security system, an extensible architecture to the development of an automated forensic analyser and a prototype that implements part of this architecture
Subject: Redes de computadores - Medidas de segurança
Auditoria - Processamento de dados
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2003
Appears in Collections:IC - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Reis_MarceloAbdallados_M.pdf9.21 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.