Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/276091
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: STER : uma estrategia de testes para sistemas reativos
Author: Guimarães, Daniele Constant
Advisor: Martins, Eliane, 1955-
Abstract: Resumo: Alguns dos sistemas reativos existentes no mercado devem funcionar com um alto grau de confiabilidade, pois se eles falharem podem ocorrer perdas humanas ou financeiras significativas. A fim de minimizar as conseqüências das falhas, esses sistemas devem ser testados de forma que o maior número possível de falhas sejam detectadas. Para tanto, devem ser adotadas técnicas de teste automatizadas. Na academia foram desenvolvidas diversas técnicas de geração automatizada de casos de testes usando métodos formais. Entretanto, essas técnicas ainda não são amplamente adotadas pela indústria, por vários motivos. Entre eles estão a dificuldade que os profissionais têm para usar métodos formais e a grande quantidade de casos de testes que podem ser gerados usando essas técnicas. Este trabalho apresenta a STER, uma estratégia que tem como objetivo auxiliar nos testes de sistemas reativos e que pode ser usada sistematicamente pela indústria. Ela (i) faz uso de artefatos UML que podem ser produzidos na fase de análise tais como casos de uso e diagramas de seqüência, (ii) é baseada na especificação formal do sistema na forma de máquina finita de estados e (iii) usa análise de riscos para encontrar as partes mais críticas e vulneráveis do sistema. Para encontrar quais são essas partes, e garantir que elas estão funcionando de acordo com o que foi especificado, foi definida uma técnica de análise de riscos para os testes que: (i) leva em consideração o que é importante para os usuários do sistema e (ii) permite concentrar os esforços de teste para reduzir o risco de ocorrerem falhas nessas partes

Abstract: Some of the reactive systems must have a high degree of confiability. If they fail, significant humans or financial lost can occurs. To mitigate the consequences of these fails, this kind of systems needs to be tested to find the most fails as possible. One way to achieve this, is using automatic testing techniques. Some automatic test case generation techiniques using formal methodos were delevolped by the academy. But they are not widely used by industry. There are several reasons for that. Between them are the dificulty to use formal methods and the huge number of test cases that can be generated using these techiniques. This woks presents the STER, an strategy to help reactive systems testing. Also it can be used systematically by the industry. It (i) uses UML artifacts that can be produced in analysis phase like use cases and sequence diagrams, (ii) is based on system formal specification using finite state machine and (iii) uses risk analysis to find out the most critical and vulnerable parts of the system. To find out these parts and to assure that they work as it was specified, a risk analysis technique for testing was defined. This technique considerates what is important to the system users and allows to concentrate an test effort to reduce the risk of a fail acurrence in these parts
Subject: Software - Testes
Avaliação de riscos
Engenharia de software
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: GUIMARÃES, Daniele Constant. STER: uma estrategia de testes para sistemas reativos. 2008. 93p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Computação, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/276091>. Acesso em: 10 ago. 2018.
Date Issue: 2008
Appears in Collections:IC - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Guimaraes_DanieleConstant_M.pdf1.17 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.