Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/276066
Type: TESE
Title: Otimizações para acesso a memoria em tradução binaria dinamica
Title Alternative: Optimization for memory acess in dynamic binary translation
Author: Attrot, Wesley
Advisor: Araújo, Guido Costa Souza de, 1962-
Abstract: Resumo: Tradutores binários dinâmicos ou DBTs2, são programas projetados para executar, em uma arquitetura-alvo, programas binários de arquiteturas diferentes, realizando assim a tradução do programa binário em tempo de execução. Eles também podem ser utilizados para se melhorar o desempenho de programas nativos de uma dada arquitetura. DBTs podem coletar informação de profile da aplicação em tempo de execução, habilidade essa impossível para um compilador estático. Este tipo de informação pode ser usada pelos DBTs para realizar novos tipos de otimizações, não possíveis em um compilador estático, seja por falta de informação do comportamento do programa, ou por não conhecer que regiões do código são mais importantes para otimizar, em detrimento de outras. Como os DBTs gastam tempo para traduzir o código binário, é muito importante que os processos de tradução e otimização sejam extremamente rápidos, para que o impacto final no tempo total de execução seja o mínimo possível. Desta forma, para um tradutor binário dinâmico é essencial saber onde aplicar as otimizações, isto é, descobrir quais regiões do código traduzido são realmente importantes e que podem resultar em ganhos de desempenho. Uma vez que tais regiões tenham sido identificadas, os DBTs irão aplicar às mesmas, otimizações de código de forma a tentar compensar o tempo gasto na tradução do programa binário e mesmo melhorar o desempenho da aplicação traduzida. Como o acesso à memória é algo custoso para um programa, evitá-lo em um ambiente dinâmico pode fazer com que o programa traduzido obtenha ganhos de desempenho, compensando assim parte do tempo gasto no processo de tradução Com isso, neste trabalho investigou-se o ganho de desempenho que pode ser obtido em um ambiente de tradução dinâmica ao se tentar otimizar os acessos à memória que o programa traduzido realiza dentro das regiões de código selecionadas para otimização. O processo de otimiza¸c¿ao tenta, tanto quanto possível, evitar acessos à memória principal do computador, transformando-os em acessos à registradores da arquitetura alvo. Como grande parte das otimizações de código necessita de informações de fluxo de dados para poder realizar transformações de código, este trabalho também investigou uma nova forma de se melhorar as análises de fluxo de dados que s¿ao executadas em trechos limitados de código pelo tradutor binário dinâmico. Os resultados mostram que otimizar os acessos à memória produz ganhos pequenos, da ordem de 2%. No tocando a melhora da informa¸c¿ao de fluxo de dados, descobriu-se que quando se busca por registradores disponíveis, pode-se descobrir que quase 25% do total dos registradores investigados estão de fato vazios e podem ser utilizados em otimizações.

Abstract: Dynamic binary translators or DBTs, are programs designed to execute, in a target architecture, binary programs from different architectures, performing the translation of the binary program during the execution time. They can also be used to improve the performance of native programs for a specific architecture. DBTs can collect profile information from the application during runtime, this skill is impossible for a static compiler. This kind of information can be used by the DBTs to perform new kinds of optimizations, not possible in the static compiler, due to few information about the program's behavior, or does not know the regions of the code that are more important to optimize, in detriment of others. DBTs spend time translating the binary code, so is very important that the translation and the optimization process, both be as fast as possible, to the impact in the overall execution time, be the minimum possible. In this way, for a dynamic binary translator, is essential to know where to apply the optimizations, that is, find out what regions of the translated code are really important and that can generate performance improvements. When these regions are identified, the DBTs apply code optimizations in these regions to compensate the time spend to translate the binary program and even improve the performance of the translated aplication. Memory access is a expensive operation for programs, to avoid it in a dynamic environment may result in performance improvement in the translated program, compensating the time spend to translate the binary. In this work, we investigate the performance improvement that can be achieved in a dynamic translation environment when we optimize the memory access that the translated program performs inside the regions selected for optimization. The optimization process tries, when possible, to avoid access to the main computer memory, transforming them into registers access of the target architecture. Many code optimizations need data flow information to perform code transformations, in this work we also investigate a new way to improve the data flow analysis that are performed in constraint regions of code by the dynamic binary translator. The results show that optimize the memory access produce small gains, about 2%. When we try to improve the data flow information, we have discovered that when we are looking for available registers, we can find that almost 25% of the investigated registers are empty and can be used for optimizations.
Subject: Otimização
Compiladores (Computadores)
Alocação de recursos
Arquitetura de computador
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2008
Appears in Collections:IC - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Attrot_Wesley_D.pdf1.07 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.