Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/276006
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Concorrencia em linguagens de comando
Author: Fernandez, Mauricio Alberto
Advisor: Drummond, Rogério, 1955-
Filho, Rogerio Drummond Burnier Pessoa de Mello
Abstract: Resumo: A execução de programas é uma das formas de reutilização de software mais bem sucedidas graças a um módulo que atua entre o usuário e o núcleo do sistema operacional. Estes módulos permitem que o usuário tenha acesso a uma máquina virtual de nível superior àquela fornecida pelos serviços do sistema. Originalmente estes módulos processavam ordens que chegavam ao computador pela leitora de cartões, na época do time sharing surgem as linguagens de comandos que definem a sintaxe que o usuário deve utilizar para executar programas a partir de seu terminal; hoje existem interfaces gráficas de usuário para desempenhar estas funções. Na arquitetura do Unix o interpretador da linguagem de comandos é um módulo separado do núcleo do sistema, o que permitiu a aparição de várias linguagens de comandos para esse sistema. Na prática as linguagens de comandos do Unix têm se desempenhado como ótimas linguagens de desenvolvimento rápido de programas; Arquivos contendo comandos podem ser executados da mesma forma como são executados outros programas. Recursos sintáticos para executar vários comandos concorrentemente, de forma que a saída de um alimente a entrada de outro, permitem a construção de programas mediante a utilização de peças de funcionalidade mais elementar. Além disto, a interatividade agiliza o ciclo codificação-teste. Este trabalho propõe uma extensão ao modelo de concorrência das linguagens de comandos do Unix que sirva de base para a definição de uma linguagem de comandos distribuída. As principais características do modelo proposto são: suporte a vários paradigmas de interação entre processos distribuídos, recursos definicionais, recursos funcionais, abstração procedural e suporte à concorrência interna.

Abstract: Every operating system architecture includes a module that simplifies program execution by users, converting program execution in one of the most succesful cases of software reusablity. This module have evolved from early job control languages to graphical interfaces. Command languages carne with time sharing systems and were the means used to type commands into the system. Unix command languages have proven to be excellent languages for rapid program development. Files containing shell commands may be executed like any other program Syntactic devices for concurrent program execution, with the output of one program feeding the input of another, allow program construction by reusing simpler pieces. Besides, the interactive nature speeds up the coding-testing cycle. An extension to the concurrency model of Unix command languages is herewith proposed. This extension should be the basis for a further specification of a distributed command language. The highlights of the proposed model are: support to various paradigms of distributed processes interaction, features for functional and definitional programming, procedural abstraction and support for internal concurrency.
Subject: Sistemas operacionais distribuídos (Computadores)
Linguagem de programação (Computadores)
Processamento eletrônico de dados - Processamento distribuído
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: FERNANDEZ, Mauricio Alberto. Concorrencia em linguagens de comando. 1994. 1v. (varias paginações). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de campinas, Instituto de Matematica, Estatistica e Ciencia da Computação, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/276006>. Acesso em: 21 jul. 2018.
Date Issue: 1994
Appears in Collections:IC - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Fernandez_MauricioAlberto_M.pdf1.6 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.