Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/275321
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Tempo de reação, tempo de movimento e aquisição de timing antecipatorio em idosos
Author: Santos, Suely dos
Advisor: Tani, Go
Abstract: Resumo: A performance motora está relacionada a fatores musculares, mais em termos de controle do que de força muscular, mas parece estar particularmente relacionada com a de velocidade de processamento de informações. Durante o envelhecimento há um aumento do tempo de resposta motora devido a modificações estruturais e funcionais do organismo. Entretanto, a identificação dos fatores envolvidos nesta lentidão e o efeito destes fatores na organização espacial e temporal de movimentos ainda necessitam de maiores estudos. O objetivo deste estudo foi caracterizar, inicialmente, o tempo de reação (TR), o tempo de movimento (TM), a performance de timing antecipatório e suas relações, em indivíduos idosos, e verificar a influência destas características de organização temporal de performance motora na aprendizagem de uma tarefa de timing antecipatório. Foram estudados 30 indivíduos entre 60 e 79 anos de idade. As medidas de TR (ms) e TM (ms) foram feitas através do Reaction/Movement Timer e para timing antecipatório (erro absoluto em ms) foi utilizado o Bassin Anticipation Timer, ambos da Lafayette Instruments. O delineamento experimental constituiu-se de três fases: a) performance em TR, TM e timing antecipatório; b) fase de aquisição, envolvendo 54 tentativas na tarefa de timing antecipatório;e c) fase de retenção, com seis tentativas na mesma tarefa praticada, após sete dias de intervalo. Para investigar o efeito das três variáveis estudadas na aprendizagem foram formados seis grupos experimentais: (TRB) tempo de reação baixo; (TRA) tempo de reação alto; (TMB) tempo de movimento baixo; (TMA) tempo de movimento alto; (TIB) timing baixo; e (TIA) timing alto. Os resultados foram analisados em termos de erros absoluto, constante e variável, aplicando-se análise variância, teste t de Student e teste de correlação Pearson. Os resultados revelaram um baixo índice de correlação entre TR, TM e timing antecipatório. O efeito de prática foi observado em todos os grupos que demonstraram uma diminuição gradativa de erros e mantiveram um nível de desempenho semelhante na fase de retenção. O efeito do TR baixo ou alto foi diluído durante o processo de aprendizagem, enquanto que o efeito do TM e da performance inicial em timing antecipatório, não foram revertidos com a prática, isto é, estes grupos apresentaram níveis de desempenho diferentes durante todo o processo de aprendizagem. É necessário ressaltar que tanto TR como TM estão relacionados com o máximo de velocidade, enquanto que timing antecipatório diz respeito a velocidade ótima. Neste sentido, estes resultados trouxeram suporte à alguns dos pressupostos conceituais e teóricos deste estudo, mas também revelaram aspectos que merecem maior atenção, como a influência do TM na aquisição de timing antecipatório, pois mesmo utilizando-se movimentos com um grau de organização simples, o processo de aprendizagem não modificou as diferenças iniciais de desempenho apresentadas pelos grupos TMB e TMA

Abstract: Motor performance is related to muscular factors, more in terms of control rather than strength, but it seems particularly related to information processing speed. During the aging process, motor response time increases due to organism structural and functioning modifications. Nevertheless, the identificationof factors involved in this response temporal slowing and the way these factors affect the and spatial organization of movements need more investigation. The purpose of this study was characterize reaction time (RT), movement initially to time (MT), anticipatory timing performance and their relationships in the aged and to verify the influence of these temporal organization characteristicsof performance on the learning of an anticipatory timing task. Thirty individuaIs between the ages of sixty and seventy-nineyears participated in this research. The Reaction Movement Timer and Bassin Anticipation Timer, both produced by Lafayette Instruments, were used, respectively, to measure RT (msec) , MT (msec) , and anticipatory timing (absolute error in msec). The experimental design comprised three phases: a) RT, MT, and anticipatory timing performance; b) the acquisition phase, which involved practicing an anticipatory timing task (54 trials); and c) the retention phase, in which, after a sevenday interval, individuaIs made six trials at the task they had previously practiced. In order to investigate the effect of the three variables on learning, the individuals were distributed in six experimental groups: (TRB) low reaction time; (TRA) high reaction time; (TMB) low movement time; (TMA) high movement time; (TIB) low timing; and (TIA) high timing. The results were analysed in terms of absolute, constant, and variable error by using analysis of variance, student t test and Pearson correlation testo The results showed a low correlation among RT, MT, and anticipatory timing performance. The effect of practice was observed in all of the groups that showed a gradual reduction of errors and maintained a similar leveI of performance in the retention phase. The effect of low or high RT was attenuated during the learning process, whereas the effects of MT and initial anticipatory timing performance were not reverted by practice, that is, these groups showed different levels of performance along the entire learning process. It is necessary to point out that both RT an MT are related to maximum response speed, while antecipatory timing refers to optimal speed. In this sense, these results supported some of research' s conceptual and theoretical assumptions, but also revealed aspects that deserve greater attention, such as the influence of MT in the acquisition of anticipatory timing, for even using movements with a rather simple degree of organization, the learning process did not modify initial differences showed by TMB and TMA groups
Subject: Tempo e reação
Capacidade motora
Idosos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1993
Appears in Collections:FEF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Santos_Suelydos_M.pdf3.64 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.