Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/275185
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Limiar ventilatorio e comportamento do sinal eletromiografico durante exercicio incremental no cicloergometro
Author: Gassi, Ewerton Rodrigo
Advisor: Bankoff, Antonia Dalla Pria, 1950-
Abstract: Resumo: Em atividades esportivas, ou mesmo de caráter recreativo, onde a capacidade aeróbia se apresenta como um fator determinante, o momento de transição entre o metabolismo predominantemente aeróbio para o anaeróbio tem recebido grande atenção dos pesquisadores. Este ponto de transição tem sido chamado de Limiar Anaeróbio (Lan) e é considerado um parâmetro extremamente importante, superando inclusive o consumo máximo de oxigênio para a prescrição e controle do treinamento. Na avaliação do Limiar Anaeróbio, a resposta do lactato sanguíneo é um dos métodos com maior aceitação, porém, limiar ventilatório que se constitui em apontar alterações em alguns parâmetros ventilatórios também têm sido muito utilizado. Porém, os resultados encontrados até o momento não são suficientes para esclarecer como a ativação muscular responde a atividades de intensidade crescente, principalmente em relação ao Limiar Anaeróbio. Sendo assim, o objetivo deste estudo foi determinara o limiar ventilatório e comparar com alterações do sinal eletromiográfico. Fizeram parte do estudo oito homens (25,25 '+ ou ¿' 6,96 anos), ciclistas e triatletas, que se exercitaram em cicloergômetro, com a intensidade sendo aumentada em 25 W/min até que a cadência de 80 RPM não pudesse mais ser mantida. Para a coleta dos volumes gasosos foi utilizado um analisador de gases modelo VO2000 (Imbrasport 'MARCA REGISTRADA¿), e do software Aerograph. Os sinais eletromiográficos foram coletados dos músculos vasto lateral, vasto medial, reto femural, bíceps femural e semitendíneo, e processados por um eletromiógrafo da marca Lynx AI6010, contendo seis canais. A freqüência de amostragem estabelecida para a aquisição dos registros eletromiográficos foi de 1024 Hz. Para filtragem do sinal eletromiográfico bruto, o filtro passa baixa foi ajustado em 500 Hz e o filtro passa alta em 10 Hz. A conversão dos sinais analógico/digital foi realizada por intermédio de uma placa A/D CAD 12/36 da marca Lynx. Para a captação e leitura dos sinais foi utilizado o software AQDADOS-Lynx. A faixa de entrada foi ajustada entre ¿5.000 'mu¿V a +5.000 'mu¿V. O LV1 foi tomado como a intensidade correspondente a um aumento no VE/VO2 sem nenhum aumento no VE/VCO2 e comparado com a intensidade correspondente a um aumento não linear na amplitude do sinal eletromiográfico durante o protocolo incremental. Os resultados não mostraram diferença em nenhuma das variáveis selecionadas para a intensidade do LV1 (67,03 '+ ou ¿' 6,23 % do VO2 pico) e do ponto referente a um aumento não linear na amplitude do sinal eletromiográfico dos músculos vasto lateral (64,39 '+ ou ¿' 11,77 % do 'VO IND. 2¿ pico) e reto femural (66,78 '+ ou ¿' 11,13 % do 'VO IND. 2¿ pico). Para os demais músculos nenhum ponto e quebra na linearidade do sinal foi verificado

Abstract: In sports, or same physical activity where the aerobic capacity if presents as a determinative factor, the transition moment enters the predominantly aerobic metabolism for the anaerobic has received great attention from the researchers. The aim of this study was to compare the alterations in the EMG sign to the ventilatory threshold (VT). Eight amateur cyclists and tri-athletes males participated in this study (25,25 '+ ou ¿' 6,96 years). Each subject performed an incremental cycling exercise until exhaustion in a cadence of 80 RPM and with the intensity being increased in 25 W/min. An analyzer of gases model VO2000 (Imbrasport 'MARCA REGISTRADA¿) and a software Aerograph were used to collect the gaseous volumes. The EMG signs were collected from vastus lateralis and Rectus femoris muscles and processed by an electromyography Lynx AI6010, with a sampling frequency of 1024 Hz. For the reception and reading of the signs was used the software AQDADOS (Lynx). VT was determined by a non-linear increase in VE/VO2 without any increase in VE/'VO IND. 2¿ and compared with the intensity corresponding to break point of EMG sign (BPEMG). The BPEMG and VT parameters used were the load, the time, absolute and relative 'VO IND. 2¿, ventilation (VE), the heart hate (HH) and the subjective perception of the effort (PSE) based on the model proposed by Borg (1970). All the values were collected in the second 10 ends of each apprenticeship. The results had not shown to difference in none of the variable selected for the corresponding intensity to LV and LF-EMG of the muscles vastus lateralis and reto femoris. The other muscles, any BPEMG of the sign it was not verified.
Subject: Eletromiografia
Limiar anaerobio
Ciclismo
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: GASSI, Ewerton Rodrigo. Limiar ventilatorio e comportamento do sinal eletromiografico durante exercicio incremental no cicloergometro. 2008. 81f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação Fisica, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/275185>. Acesso em: 10 ago. 2018.
Date Issue: 2008
Appears in Collections:FEF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Gassi_EwertonRodrigo_M.pdf1.59 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.