Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/275175
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Adaptação e validação da escla ASKAS - Aging Sexual Knowledge and Attitudes Scale em idosos brasileiros
Title Alternative: Cros-cultural adaptation of ASKAS - Aging Sexual Knowledge and Attitudes Scale in Brazilian elderly people
Author: Viana, Helena Brandão
Advisor: Madruga, Vera Aparecida, 1955-
Forti, Vera Aparecida Madruga, 1955-
Abstract: Resumo: Nesta tese abordamos a temática da sexualidade no envelhecimento. Diante da escassez de material bibliográfico em nossa cultura e da ausência de uma escala para avaliação dessa temática no Brasil, nossa proposta foi realizar a adaptação cultural de uma escala norteamericana (ASKAS -Aging sexual knowledge and attitudes scale), que avalia o conhecimento e atitude das pessoas em relação à sexualidade do idoso. A adaptação cultural de uma medida de saúde, a fim de ser utilizada em um país diferente, para o qual ela foi criada, requer uma metodologia específica a fim de que essa escala ou medida seja válida em um país diferente do qual ela foi validada originalmente. Não basta realizar um trabalho de tradução, mas ela deve ser adaptada culturalmente para que mantenha sua confiabilidade e validade nessa nova língua e nova população. Para realizar a adaptação cultural da escala acima citada, foram utilizadas as ¿Recomendações para Adaptação Cultural de Medidas de Estados de Saúde¿, da Academia Americana de Cirurgiões Ortopédicos (AAOS ¿ American Academy of Orthopaedic Surgeons) e Instituto para Trabalho e Saúde de Toronto. Será descrito nesse trabalho essas diretrizes e como elas foram aplicadas para esta adaptação cultural, sabendo que essas informações poderão ser úteis para futuras pesquisas nessa área. A primeira parte da pesquisa foi composta de 5 estágios. Fizemos duas traduções da escala, a síntese dessas traduções, duas retro traduções, reunião do comitê de especialistas para análise da síntese das traduções e o pré-teste, quando entrevistamos 43 sujeitos, entre idosos, parentes de idosos e funcionários de casas de repouso. A validade de conteúdo foi obtida pela análise do comitê de especialistas e fizemos uma análise qualitativa do pré-teste. Na segunda etapa foi feita a coleta de dados quantitativa, com 802 sujeitos. A confiabilidade da escala foi testada através do Alpha de Cronbach e da Confiabilidade Composta e a validade de construto através da análise fatorial confirmatória utilizando o método estatístico de modelagem de equações estruturais via Partial Least Squares (PLS) com o software Smart PLS software versão 2.0M3. Nossos resultados apontaram que a escala validada é confiável para ser usada no Brasil. No ajuste do modelo retiramos algumas questões que apresentaram baixa carga fatorial ao seu construto. Espera-se que essa pesquisa venha facilitar futuros estudos sobre sexualidade no envelhecimento, ampliando assim o conhecimento produzido no Brasil sobre essa temática. Palavras-chave: Idosos, Envelhecimento, Sexualidade, Tradução e interpretação, Validação, Análise Fatorial

Abstract: Key-terms: Elderly, Ageing, Sexuality, Translation and interpretation, Validation, Factorial Analysis. On this dissertation, we talk about the theme sexuality in the aging process. Due to the lack of bibliographic material in our culture and to the absence of a scale for evaluation of this theme in Brazil, our proposal was to do a cultural adaptation of a North-American scale (ASKAS ¿ Aging sexual knowledge and attitudes scale), which evaluates people¿s knowledge and attitude regarding elderly sexuality. The cultural adaptation of a health measure needs to be validated through a specific methodology before it can be valid, and therefore utilized, in a country other than the one for which that was created. The scale translation is not enough; instead, it should be culturally adapted in order to keep its reability and validation in a different language and different population. In order to make the cultural adaptation of the scale mentioned above, we utilized the Recommendations for Cultural Adaptation of Health Condition Measures from the AAOS - Academy of Orthopaedic Surgeons ¿ and the Institute for Work & Health of Toronto, Canada. In this work, those directions will be described, as well as how they were applied for that cultural adaptation, knowing that that information will be able to help future researches in that area. The first part of the research was composed of 5 stages: two translations of the scale; synthesis of those translations; two back-translations; a meeting with the specialists committee for the analysis of the summary of the translations; and a pre-test, where we interviewed 43 people, among elderly, relatives of elderly and employees of nursing homes. The validity of the content was obtained through the analysis done by the specialists committee. Additionally, we conducted a quantitative analysis of the pre-test. In the second stage, we made a quantitative collection of data among 802 people. The reability of the scale was tested through Cronbach¿s Alpha and Composite Reability. The validity of the content was tested through confirmatory factorial analysis utilizing the modeling statistic method of structural equations via Partial Least Squares (PLS) under the version 2.0M3 of the Smart PLS software. Our results showed that the validated scale is reliable to be utilized in Brazil. On the adjustment of the model, we excluded a few questions that presented low factorial load in their construct. We expect that this research to contribute to future studies about sexuality in the aging process, broadening the knowledge produced in Brazil on that thematic
Subject: Idosos
Envelhecimento
Sexualidade
Tradução e interpretação
Análise fatorial - Validade
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: VIANA, Helena Brandão. Adaptação e validação da escla ASKAS - Aging Sexual Knowledge and Attitudes Scale em idosos brasileiros. 2008. 179p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação Fisica, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/275175>. Acesso em: 11 ago. 2018.
Date Issue: 2008
Appears in Collections:FEF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Viana_HelenaBrandao_D.pdf2.9 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.