Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/275126
Type: TESE
Title: Estado nutricional e desempenho motor de escolares = Nutritional state and motor performance of scholl-age children
Title Alternative: Nutritional state and motor performance of scholl-age children
Author: Bastos, Renata de Sousa, 1983-
Advisor: De Marco, Ademir, 1954-
Marco, Ademir de
Abstract: Resumo: A obesidade infantil tem aumentado nas últimas décadas, tornando-se um problema de saúde pública, podendo acarretar prejuízos ao desenvolvimento integral das crianças. A Organização Mundial da Saúde destaca a importância do acompanhamento do estado nutricional como indicador de saúde. Neste contexto, o presente estudo teve por objetivo identificar o panorama dos estudos sobre estado nutricional de crianças brasileiras e estabelecer correlações entre estado nutricional e o desempenho motor em escolares de classe média. Para tanto, o corpo de discussão foi desenvolvido por meio de dois capítulos-artigos: o primeiro faz um recorte das publicações indexadas nos últimos 10 anos, que abordam o estado nutricional dessa população, considerando o ano de publicação, a localidade, o objetivo de estudo e o interesse pelo excesso de peso na infância; o segundo artigo estabelece correlações entre estado nutricional e desempenho motor de escolares entre 6 e 10 anos, pertencentes à classe socioeconômica equivalente a classe média, com seus responsáveis apresentando alto nível de escolaridade. O levantamento dos artigos foi realizado no Portal de Acesso à Informação Eletrônica do Sistema de Bibliotecas da UNICAMP, utilizando as seguintes combinações de palavras-chave (português e inglês): escolares, estado nutricional e Brasil; crianças, estado nutricional e Brasil. Foram coletados 148 artigos, indicando crescimento dos estudos nos últimos 10 anos, concentrados principalmente nas regiões Sudeste (45%), Sul (21%) e Nordeste (19%), com forte discrepância em relação às regiões Centro-Oeste (8%) e Norte (7%), ratificando as desigualdades entre as macro regiões do país. Um dos temas mais explorados no objetivo principal das pesquisas levantadas foi à relação entre doenças e estado nutricional de crianças. Mais da metade dos estudos tratam da obesidade infantil. Participaram do segundo estudo 222 escolares entre 6 e 10 anos, da cidade de Campinas, sendo avaliado: estado nutricional (IMC/idade e classificação da OMS), desempenho motor (flexibilidade, força muscular de membro inferior - FMMI e velocidade) (MATSUDO, 2005), padrão socioeconômico e escolaridade do responsável (questionário Abipeme). Resultados apontaram alta escolaridade dos responsáveis e perfil socioeconômico compatível com as classes B e C, com prevalência de sobrepeso e obesidade, respectivamente, de 20% e 23,1% (para meninos) e de 22,8% e 19,6% (para meninas) e diferença significativa entre crianças eutróficas e obesas na velocidade e na FMMI (só para os meninos). Mesmo em populações de classe média e com alto nível de escolaridade, as taxas de prevalência de sobrepeso e obesidade infantil são elevadas e já apresentam interferência sobre o desempenho motor, revelando a influência negativa do excesso de peso sobre o desenvolvimento das crianças. Com o aumento da prevalência de sobrepeso e obesidade infantil, ocorre também a necessidade do auxilio a saúde dessa população

Abstract: Childhood obesity has increased in recent decades, becoming a major public health problem with high risks of damaging the overall development of children. The World Health Organization highlights the importance of monitoring the nutritional status as a health indicator. Within this context the present research aimed at identifying the panorama of studies on the nutritional status of Brazilian children and establishing correlations between nutritional status and motor performance of middle-class school children. The analysis was structured in two chapters-articles: the first one maps publications indexed in the last 10 years that address the nutritional status of this population sector, considering year of publication, location, study objective and interest for childhood overweight; the second establishes correlations between the nutritional status and motor performance of middle-class school children aged 6 to 10 and whose family supervisor showed high educational level. For mapping the articles we used the Access Portal to electronic information of Unicamp's Library System, with the following key word combinations (Portuguese and English): students, nutritional status and Brazil; children, nutritional status and Brazil. A total of 148 articles were mapped, perceiving an increase in the number studies in the last 10 years. Most studies were concentrated in the Southeast (45%), South (21%) and Northeast (19%) regions, revealing a strong discrepancy in relation to the Central West (8%) and North (7%) regions, confirming inequalities among the country's macroregions. One of the most recurrent topics in the main objective of the analyzed publications was the relationship between illnesses and children's nutritional status. Over half of the studies address childhood obesity. For our analysis, a total of 222 school children aged 6 to 10 from the city of Campinas were selected. The following aspects were assessed: nutritional status (BMI/age and WHO classification), motor performance (flexibility, lower limb muscular strength (FMMI) and speed) (MATSUDO, 2005), socio-economic status and educational level of the child's responsible person (Abipeme questionnaire). Results showed a high education level of the child's responsible person and a socioeconomic profile compatible with classes B and C, with prevalence of overweight and obesity, respectively, of 20% and 23.1% (for boys) and 22.8% and 19.6% (for girls), as well as significant difference between eutrophic and obese children regarding speed and FMMI (only for boys). Even in middle-class populations with high levels of education, children overweight and obesity rates are high and already interfere on the motor performance, revealing the negative influence of overweight on children's development. The increase of children overweight and obesity tendencies also increases the need to assist the health conditions of this population sector
Subject: Estado nutricional
Saúde pública
Capacidade motora nas crianças
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2013
Appears in Collections:FEF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Bastos_RenatadeSousa_M.pdf1.14 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.