Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/275119
Type: TESE
Title: Avaliação do crescimento físico e maturação somática de escolares da rede de ensino fundamental de Campinas, SP
Title Alternative: Evaluation of physical growth and somatic maturation school network of elementary school in Campinas, SP
Author: Gómez Campos, Rossana Anelice, 1978-
Advisor: Arruda, Miguel de, 1954-
Abstract: Resumo: Objetivo: O estudo teve por objetivo geral avaliar o crescimento físico e a maturação somática de crianças e adolescentes da Rede de Ensino Fundamental de Campinas. Os objetivos específicos foram: a) comparar o crescimento físico com a referência internacional do CDC-2012 e construir os valores referenciais para as crianças e adolescentes; e b) validar a técnica de predição da maturação somática (Mirwald) e desenvolver uma equação para determinar o Pico de velocidade de crescimento de forma transversal. Metodologia: Foi realizado um estudo descritivo transversal. A amostra foi constituída por 6531 indivíduos, sendo selecionados de forma probabilística (estratificado) 3315 meninos e 3216 meninas entre 6 a 17 anos de idade (IC=95%). Foram avaliadas as variáveis de idade decimal, peso corporal, estatura e estatura tronco-cefálica. Calculou-se o Índice de Massa Corporal (IMC) e Pico de velocidade de crescimento (anos de velocidade) para ambos os sexos. O tratamento estatístico utilizado consistiu em analisar a média, desvio padrão, rango, coeficiente de Pearson (r), regressão múltipla (R2), Plotagem de Bland-Altman, Teste t, com um nível significante de 5%, e para construir as curvas utilizou-se o método LMS. Resultados: Em relação ao crescimento físico os meninos de Campinas apresentam menor peso e estatura em relação aos da referência (9-17 anos), estatura (7-14 anos) e IMC (11-17 anos) (p<0,05). Quanto à maturação somática, observaram-se altos valores de correlação entre idade e as variáveis antropométricas em meninos (r=0,56-0,96) e meninas (r=0,57-0,98). Na validação interna e externa não houve diferenças significantes (p>0,05) e verificou-se aceitável concordância entre o critério e as equações desenvolvidas para os escolares de ambos os sexos. Conclusões: O estudo constatou que os valores absolutos de peso, estatura e IMC das crianças de Campinas são substancialmente inferiores quando comparados com a referência CDC-2012, e que, a equação do Pico de Velocidade de Crescimento é válida para determinar a maturação somática (Mirwald) dos escolares de Campinas. Para avaliar a trajetória do crescimento físico, os resultados sugerem o uso de padrões regionais, e quanto à maturação somática, pode-se utilizar tanto a equação do Mirwald, quanto, as equações desenvolvidas no presente estudo

Abstract: The study was designed to evaluate the overall physical growth and somatic maturation of children and adolescents Network Elementary School Campinas. The specific objectives were: a) compare the physical growth with the international reference the CDC -2012 and build the reference values for children and adolescents and b) to validate the technique for prediction of somatic maturation (Mirwald) and develop an equation to determine peak growth velocity transversely. Methodology: A descriptive cross-sectional study was developed. The show consisted of 6531 individuals were selected in a probabilistic manner (stratified) 3315 boys and 3216 girls aged 6-17 years (95% CI). Decimal variables age, body weight, height and head stem height were evaluated. We calculated the Body Mass Index (BMI) and peak velocity (speed years) for both sexes. The statistical approach used was to analyze media , standard deviation, range, coefficient of Pearson (r), multiple regression (R2), Bland, Altman, t test, ANOVA (one way), with a significance level of 5 % and curves used to build up the LMS method. Results: In terms of physical growth of prairie boys have lower weight and height relative to the reference (9-17 years), height (7-14 years) and BMI (11-17 years) (p<0.05). As for somatic maturation observed high values of correlation between age and anthropometric variables in boys (r = 0.56-0.96) and girls (r = 0.57 to 0.98), determining acceptable agreement between the benchmark criteria and the equations developed (CI = 95 %). Conclusions: The absolute values of weight, height and BMI for children in Campinas are substantially lower than the CDC -2012 reference, and the equation of the peak height velocity to determine the somatic maturation (Mirwald) is valid for the school Municipal City Hall of Campinas. The results suggest the use of regional standards for assessing the physical growth trajectory, and the somatic maturation, one can use the equation of Mirwald as well as the equations developed in this study to determine the somatic maturation
Subject: Crescimento
Maturação
Escolares
Language: Multilíngua
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:FEF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
GomezCampos_RossanaAnelice_D.pdf1.67 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.