Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/275071
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Trajetórias na docência : professores homens na educação infantil
Title Alternative: Professional lives in teaching : male teachers in early childhood education
Author: Monteiro, Mariana Kubilius, 1985-
Advisor: Altmann, Helena, 1973-
Abstract: Resumo: Essa pesquisa analisa as trajetórias profissionais de professores homens que atuam na rede municipal de ensino de Campinas/SP, área profissional ocupada predominantemente por mulheres no Brasil e em muitos outros países. Buscou-se evidenciar as trajetórias profissionais dos sujeitos, a escolha da profissão e a sua experiência profissional. A partir da perspectiva antropológica das histórias de vida, todos os professores homens que atuavam na rede municipal no primeiro semestre de 2012 foram entrevistados, totalizando sete entrevistas, além da coleta de dados estatísticos junto à Secretaria Municipal de Educação. A análise das trajetórias constatou que a influência de mães e professoras, uma experiência positiva durante a escolarização obrigatória e a intenção de ocupar cargos na gestão escolar foram aspectos que levaram os sujeitos à escolha dos cursos de Magistério e/ou Pedagogia. A escolha pela carreira na Educação Infantil recebeu influência dos conhecimentos dos cursos de formação e se mostrou como uma oportunidade de emprego. O ingresso e permanência na profissão foi marcado tanto por desafios característicos da área de atuação como por dificuldades decorrentes de uma noção hegemônica de masculinidade - que levou a questionamentos acerca da presença masculina na Educação Infantil, à escolha profissional, aos procedimentos adotados em momentos de cuidado e à orientação sexual dos sujeitos. Foram observadas tentativas de segregação entre professores e crianças, operadas na forma de direcionamento de turmas mais velhas aos homens professores, mudança de crianças para outra turma ou abaixo-assinado para retirada do professor definitivamente da escola

Abstract: This research examines the professional trajectories of male teachers who work in the municipal schools of Campinas/SP, professional area predominantly occupied by women in Brazil and many other countries. We sought to highlight the professional trajectories of the subjects, the choice of profession and professional experience. From the anthropological perspective of life histories, all male teachers who worked in public schools in the first half of 2012 were interviewed, in a total of seven interviews, plus the collection of statistical data from the Municipal Department of Education. The analysis of the trajectories revealed that the influence of mothers and teachers, a positive experience during compulsory schooling and intent to occupy positions in school management were aspects that led to the choice of courses like Magisterium and/or Pedagogy. Choosing a career in Early Childhood Education was influenced of knowledge of training courses and was an employment opportunity. The entry and stay in the profession was marked both by challenges characteristic of the area of expertise such as difficulties arising from a hegemonic notion of masculinity - which led to questions about the male presence in Early Childhood Education, vocational choice, the procedures adopted during care children and sexual orientation of teachers. Attempts at segregation between teachers and children operated as targeting older groups of men teachers, children change to another class or petition for removal of the teacher definitely school were observed
Subject: Docência
Educação de crianças
Gênero
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:FEF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Monteiro_MarianaKubilius_M.pdf1.33 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.