Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/275069
Type: TESE
Title: A Copa FIFA 2014 para além da política esportiva : estudo do dissenso entre os interesses da 'cidade empresarial' e os dos citadinos, através da análise da ação dos movimentos sociais
Title Alternative: FIFA World Cup 2014 beyond sports policy : the dissent between the interests of the 'city of business' and its citizens, based on the analysis of the actions of the social movements
Author: Barandão, Juliana Cristina, 1985-
Advisor: Castellani Filho, Lino, 1951-
Filho, Lino Castellani
Abstract: Resumo: O cenário da realização dos megaeventos esportivos já, e a serem, encenados em solo brasileiro, de 2007 até 2016, evidência a emergência de um modelo de planejamento de cidade pautado na racionalidade econômica e na gestão empresarial do espaço urbano. A lógica mercantil de organização dos megaeventos esportivos e a sua utilização como dispositivo econômico do capital de criação de novos nichos e demandas de serviços voltados à contenção da crise estrutural do capitalismo, revelam-se expressão dos interesses dos detentores do capital financeiro - empresários dos setores da construção civil e de serviços, por exemplo. Por sua vez, como acontece na história social e política brasileira, o preço a ser pago para o prevalecer de tal lógica de desenvolvimento urbano é debitado na conta dos setores desfavorecidos da população. Isso porque a organização desses eventos se vale da lógica da Gentrificação de setores da cidade, vale dizer, a incumbência de organizar o evento carrega em si a justificativa ideal para o "saneamento socioeconômico" do local, dele decorrendo a remoção desses espaços dos segmentos sociais ali assentados em épocas onde tais espaços urbanos não possuíam o valor econômico a eles hoje atribuídos. Muitos são os relatos de violações dos direitos da população local das cidades sedes de eventos esportivos de grande porte, como a Copa/FIFA se configura, e muitos são os grupos/movimentos sociais articulados a partir da temática desse evento debatendo, questionando e colocando em evidência a violação dos direitos sociais dessa população. Foi essa organização, suas características e ações, o objeto de nosso estudo. Assim, o objetivo deste trabalho consistiu no mapeamento dos movimentos sociais que vêm fazendo o embate político contra aqueles responsáveis pelas ações contrárias aos interesses dos setores sociais desprivilegiados, discutindo os aspectos políticos, econômicos e principalmente sociais decorrentes da realização da Copa FIFA 2014 nas 12 cidades-sedes escolhidas. Foi possível constatar a existência de entidades e movimentos sociais aglutinadores dos reclamos de parcela da população prejudicada com os impactos nocivos a ela, dando voz e organizando a resistência através de mecanismos próprios e caros à luta popular

Abstract: The scenario of sporting mega events, already realized and yet to take place in Brazilian soil, from 2007 to 2016 evidence the emergency of model of city planning based on economical rationality and business management of the urban space. The market logic of the organization of these sporting mega events and its use as an economical device of the capital that generates new niches and demands of services in order to restrain the structural crisis of capitalism, turn to be the expression of the interests of those who possess financial capital - entrepreneurs of urban construction and service sectors, for example. On the other hand, as it is usual in social and political Brazilian history, the amount to be paid for this logic of urban development is debited to the account of the less privileged sectors of the population. The reason is that the organization of these events relies on the logic of Gentrification of the city sectors, that to say, the task of organizing the event brings along the ideal justification for "socioeconomic sanitation" of the place, from that elapsing the removal of social segments that were present there since the time when the area wasn¿t valued as high as it is nowadays. Many are the reports of violation of the rights of the local population of the host cities of large scale sporting events, as FIFA¿s Cup, and many are the groups-social movements articulated around the theme of this event that are debating, questioning and highlighting the violation of the social rights of this population. This organization, its characteristics and actions are the object of our study. Therefore, the objective of this work consisted in mapping the social movements that have been doing the political confrontation against those who are responsible for the impacts that oppose the interests of the less privileged social sectors, discussing the political, economic and, mainly the social aspects that derive from FIFA World Cup 2014 in the 12 Host Cities. It was possible to note the existence of entities and social movements that gather the claims of part of the population that was impaired by harmful impacts, giving voice and organizing the resistance leaning on their own mechanisms that are cherished by popular struggles
Subject: Eventos esportivos
Copa do mundo (Futebol)
Movimentos sociais
Controle social
Planejamento urbano
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:FEF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Barandao_JulianaCristina_M.pdf4.06 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.