Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/275063
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Avaliação do conteúdo de treinamento e sua relação com biomarcadores imunológicos, dano muscular e desempenho físico em jogadores de futebol júnior
Title Alternative: Evaluation of the training content and its relationship with immunological biomarkers, muscle damage and performance in junior soccer players
Author: Pascoal, Eduardo Henrique Frazilli, 1989-
Advisor: Borin, João Paulo 1966-
Abstract: Resumo: No âmbito do futebol o volume e a intensidade do trabalho são determinantes no entendimento da carga de treinamento. Para garantir uma adaptação adequada é imprescindível que a relação entre estímulo e recuperação seja suficiente. Cargas elevadas podem ocasionar decréscimos no desempenho, diminuições na resposta imune, aumentos de infecções de vias aéreas superiores (IVAS) e aumento de indicadores de dano muscular, como a creatina quinase (CK). Neste sentido é fundamental entender a organização do conteúdo de treinamento e sua relação com indicadores imunológicos e de dano muscular. Portanto, o objetivo deste estudo foi verificar a influência do conteúdo de treinamento nas concentrações de CK, leucócitos e subséries, relatos de IVAS e desempenho da potência de atletas de futebol juniores durante 10 semanas correspondentes ao período preparatório para a Copa São Paulo Júnior. Participaram do estudo 14 atletas de futebol pertencentes à categoria Sub-19 (18,40 ± 0,88 anos, 179,52 ± 6,96 cm, 73,70 ± 7,22 kg). As coletas ocorreram em dois momentos: M1, período antecedente ao início da pré-temporada; M2, na 11ª semana, final da pré-temporada. Em ambos os momentos foram realizadas coletas e análises sanguíneas de leucócitos, neutrófilos, monócitos, linfócitos, plaquetas e CK. Semanalmente, os atletas respondiam ao questionário de acometimento por IVAS e todo conteúdo de treinamento era registrado e repassado ao pesquisador. Para verificar a potência de membros inferiores foi utilizado o teste de salto vertical com contramovimento (CMJ). Diariamente foi coletado o valor da percepção subjetiva de esforço de cada jogador bem como os minutos das sessões para cálculos da carga interna. Utilizou-se o teste-t de Student para amostras pareadas para as variáveis imunológicas; o teste de Wilcoxon foi utilizado para amostra não-paramétrica de CK e o índice de significância adotado foi ? ? 0,05. Os principais resultados apontam para predominância dos conteúdos de resistência específica (28 sessões; 2075 min), seguido de força geral e específica (26 sessões; 1480 min). Quanto aos indicadores imunológicos e de dano muscular, verificou-se decréscimos significantes na concentração de linfócitos e aumentos significantes nas plaquetas e na CK. A partir dos resultados, os dados apontam que o conteúdo de treinamento aplicado aos atletas no período preparatório diminuiu a resposta imune, aumentou o dano muscular, além de manter a potência muscular.

Abstract: Within the soccer the training¿s volume and intensity are determinants of the training load. To ensure an adequate adaptation it is imperative that the relationship between stimulus and recovery be sufficcient. Highly loads can lead to performance and immune decreases, increases of upper respiratory tract infections (URTI) and muscle damage indicators like creatina kinase (CK). In this sense is critical to understand the organization of the content training and its relationship with immune function and muscle damage indicators. Therefore, the aims of this study were to verify the influence of training content on the CK concentrations, leucocytes and subsets, URTIs reports and lower limb power performance of junior soccer athletes during a 10-week corresponding to the preparatory period for the Junior São Paulo Soccer Cup. Participated of this study fourteen U19 soccer players (18,40 ± 0,88 years, 179,52 ± 6,96 cm, 73,70 ± 7,22 kg). The collections happened in two moments: M1, the precede preseason period; M2, on the 11th week, end of the preseason period. In both moments were performed collections and blood analyses to evaluate the leucocytes, neutrophils, monocytes, lymphocytes, platelet and CK. Weekly the subjects answer the URTIs questionnaire and all training content was registered and transferred to the researcher. It was performed the countermovement jump (CMJ) test to measure the lower limbs power. Daily it was collected the rate of perceived exertion (RPE) of each player for load calculations. The paired Student t-test was used for the immune variables, as well as the Wilcoxon non-parametric test was used to the CK sample and the significance level selected was ? ? 0,05. The main results show the specific endurance predominance (28 sessions; 2075 min), followed by general and specific strength (26 sessions; 1480 min). Regarding to the immune and muscle damage indicators, we verified significant lymphocytes concentration decreases and significant platelet and CK increases. From the results the data indicate that the content training applied to the athletes on the preseason decreased the immune response, increase de muscle damage and maintain the muscle power.
Subject: Futebol
Futebol - Treinamento
Marcadores biológicos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: PASCOAL, Eduardo Henrique Frazilli. Avaliação do conteúdo de treinamento e sua relação com biomarcadores imunológicos, dano muscular e desempenho físico em jogadores de futebol júnior. 2014. 64 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação Física, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/275063>. Acesso em: 24 ago. 2018.
Date Issue: 2014
Appears in Collections:FEF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Pascoal_EduardoHenriqueFrazilli_M.pdf980.91 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.