Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/275028
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Composição corporal e somatotipo em pessoas com síndrome de Down
Title Alternative: Body composition and somatotype in persons with Down Syndrome
Author: Bertapelli, Fabio, 1982-
Advisor: Gorla, José Irineu, 1964-
Abstract: Resumo: O objetivo do presente estudo foi avaliar a composição corporal e o somatotipo de pessoas com idade entre 6 e 19 anos de idade de ambos os sexos com síndrome de Down, institucionalizados do município de Campinas - SP. Inicialmente, foi realizada uma revisão de literatura sobre a composição corporal de crianças e adolescentes com síndrome de Down. Os capítulos subseqüentes foram constituídos através da análise da prevalência de obesidade, topografia da gordura subcutânea e perfil somatotipológico, por meio da realização de treze medidas antropométricas, incluindo peso, estatura, diâmetros biepicondilar do fêmur e úmero, perímetros da perna medial e braço, dobras cutâneas tricipital, bicipital, subescapular, supra-ilíaca, abdominal, coxa e perna. Para determinação do percentual de gordura foram utilizadas as equações de Slaughter, Lohman e Boileau et al. (1988). Em relação à técnica do somatotipo, recorreu-se ao método de Heath e Carter (1967). O tratamento estatístico dos dados foi realizado através do pacote computadorizado R Commander 1.6-3 (Rcmdr) no software R plus, versão 2.12.1. Os dados foram submetidos ao teste de normalidade e utilizada estatística descritiva (mediana e percentis 25 e 75), teste de Mann-Whitney e teste t para amostras independentes para comparação entre grupos etários, adotando-se como nível de significância (p _ 0,05). A concordância entre os valores de gordura e o componente de endomorfia, e os valores de massa magra e o componente de mesomorfia foram analisados através do teste de correlação momentoproduto de Pearson e Spearman para dados paramétricos e não paramétricos, respectivamente. De acordo com a revisão de literatura, meninos e meninas apresentaram quadros elevados de obesidade na maioria dos estudos. Em relação ao aspecto genético, a análise do gene RE Xbal foi fundamental para a compreensão dos genótipos envolvidos com o sobrepeso. Além disso, os aspectos ambientais indicaram baixos níveis no consumo de calorias e práticas de atividades físicas em crianças e adolescentes com síndrome de Down comparados aos indivíduos sem a síndrome. Por fim, através da observação das variáveis fisiológicas, verificou-se a ocorrência de alterações no hormônio leptina e insulina, micronutriente zinco, colesterol, triglicérides e taxa metabólica basal. Com base nessas descobertas, foi possível concluir que os aspectos genéticos, ambientais e fisiológicos exerceram influências relativamente negativas sobre a composição corporal nos indivíduos com síndrome de Down. Em relação aos dados obtidos no presente estudo, a maioria dos indivíduos apresentou excesso de gordura, sendo encontrados valores superiores no sexo feminino em relação ao masculino, verificadas tanto na análise do percentual de gordura quanto nos valores somatotipológicos. Quanto à topografia da gordura subcutânea, a maioria apresentou maior concentração de gordura na coxa e menor depósito na região do bíceps. Diante dessas informações, considera-se que a avaliação da composição corporal e do somatotipo são recursos importantes para subsidiar pesquisadores e profissionais que atuam diretamente na melhora da qualidade de vida de crianças e adolescentes com síndrome de Down

Abstract: The aim of this study was to evaluate the body composition and somatotype of persons of both sexes aged between 6 and 19 years old with Down syndrome, institutionalized in the city of Campinas - SP. Initially, we performed a review of the literature regarding body composition of children and adolescents with Down syndrome. Subsequent chapters were established by analyzing the prevalence of obesity and measure and profile of subcutaneous fat somatotype, by performing thirteen anthropometric measurements including weight, height, biepicondylar diameter of femur and humerus, medial perimeters of the leg and arm folds, triceps, biceps, subscapular, suprailiac, abdomen, thigh and leg. To measure the fat percentage, the equations of Slaughter, Boileau and Lohman et al. (1988) were used. The method of Heath and Carter (1967) was used in relation to the somatotype technique. The statistical treatment of data was performed using the computer package R Commander 1.6-3 (Rcmdr) in the software R, version 2.12.1. Data was tested for normality and used descriptive statistics (median and percentiles 25 and 75), Mann-Whitney and t test for independent samples to compare age groups, adopting the significance level (p _ 0,05). The relationship between the values of fat and endomorphic component, and the values of lean body mass and mesomorphy component were analyzed using the correlation test of Pearson product-moment and Spearman for parametric and nonparametric data, respectively. According to the literature review, boys and girls showed high incidence of obesity in most studies. Regarding the genetic aspect, the analysis of gene RE Xbal was essential to the understanding of the genotypes related to being overweight. In addition, environmental aspects indicated low levels of calorie intake and physical activity in children and adolescents with Down syndrome compared to individuals without the syndrome. Finally, by examining physiological variables, changes occurred in the levels of leptin, insulin, micronutrient zinc, cholesterol, triglycerides and basal metabolic rate. Grounded by these findings, it is possible to conclude that genetics, physiology and the environment exerted relatively negative influences on the body composition of individuals with Down syndrome. Regarding the data obtained in this study, most individuals had excess fat, with higher values seen in both the analysis of the percentage of fat and the somatotype values in females compared to males. In the measure of subcutaneous fat, the majority presented a higher concentration of fat in the thigh and lower deposits in the area of the biceps. With this information known, it is considered that the value of body composition and somatotype are important resources to support researchers and professionals who work directly towards improving the quality of life of children and adolescents with Down syndrome
Subject: Down, Síndrome de
Composição corporal
Obesidade
Somatotipo
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: BERTAPELLI, Fabio. Composição corporal e somatotipo em pessoas com síndrome de Down. 2012. 91 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação Física, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/275028>. Acesso em: 19 ago. 2018.
Date Issue: 2012
Appears in Collections:FEF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Bertapelli_Fabio_M.pdf1.75 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.