Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/274901
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Efeito do treinamento e maturação sexual sobre o crescimento, composição corporal e desempenho motor em adolescentes do sexo masculino
Title Alternative: Effect of training and sexual maturation on growth, body composition and motor performance in male adolescents
Author: Mortatti, Arnaldo Luis
Advisor: Arruda, Miguel de, 1954-
Abstract: Resumo: O presente estudo tem como objetivo compreender a influência que o estágio maturacional e do treinamento sistemático pode exercer no crescimento, na composição corporal e no desempenho motor de jovens jogadores de futebol, em comparação com indivíduos de mesmo estágio maturacional, porém, não participantes de nenhum tipo de treinamento físico regular. Foi analisada uma amostra de 39 indivíduos divididos em dois grupos: 22 no grupo treinado (GT) e 17 no grupo não treinado (GNT). Em seguida, os indivíduos foram divididos e categorizados de acordo com o estágio da maturação sexual, proposta por Tanner (1962). Após essa divisão, os indivíduos foram submetidos à aferição das medidas antropométricas de estatura e de massa corporal para determinar o índice de massa corporal (IMC), enquanto que essas duas variáveis, juntamente com a espessura de dobras cutâneas, as circunferências dos segmentos corporais e o diâmetro ósseo foram utilizados para estabelecer o somatotipo. Foi selecionada uma bateria de testes motores com o objetivo de determinar o nível do desempenho motor por meio dos indicadores de potência aeróbia, potência e capacidade anaeróbia e de flexibilidade. A partir dos valores obtidos em cada uma das variáveis analisadas, foi utilizada para o tratamento dos dados a análise de variância de dois fatores (ANOVA TWO-WAY), seguida do teste post hoc de Tukey quando p<0,05, a fim de identificar as diferenças entre os grupos e estágios maturacionais. Os resultados demonstraram que houve aumento significativo da estatura e da massa corporal, de acordo com a evolução dos estágios maturacionais. Quanto à composição corporal, foi possível verificar que, com o aumento do grau de maturação, houve diminuição significativa da gordura subcutânea, enquanto que o treinamento sistemático não exerceu influência sobre essa variável. Em relação ao somatotipo, os resultados demonstram que não houve diferença entre os grupos nem entre os estágios maturacionais, embora tenha havido diferença significativa no componente ectomorfia na interação entre treinamento e maturação. Nos testes motores, houve influência significativa do treinamento, onde os indivíduos do GT obtiveram valores superiores em todas as variáveis testadas. Por outro lado, os valores dos testes, em função da maturação, sofreram alterações de acordo com a variável testada, não havendo diferenças na potência aeróbia, na potência anaeróbia de membro inferior e na capacidade anaeróbia do músculo abdominal. Verificou-se, porém, uma influência positiva da maturação nos testes que indicaram a potência e a capacidade anaeróbia de membros superiores

Abstract: The present study aims to understand the influence that the maturation status and the systematized training may exert over growth, body composition and motor performance of young soccer players in comparison to individuals belonging to the same maturational stage who do not practice any regular training. A sampler with 39 subjects was analyzed and divided into two groups: 22 in the trained group (TG) and 17 in the non trained group (NTG). Afterwards, these individuals were divided and characterized according to their sexual maturation stage, as proposed by Tanner (1962). They were submitted to gauging of anthropometric measures of stature and weight in order to determine the body mass index (BMI), while these two variables, associated to skinfold thickness, limb circumferences and bone breadth were used to establish somatotype. A battery of motor tests was selected to determine the level of motor performance using indicators of aerobic power, anaerobic power and capacity and flexibility. Variance analysis (ANOVA TWO-WAY) was used to treat the data obtained in each of the variables, followed by the post hoc Tukey test when p<0,05 to identify the differences between the groups and the maturation stages. According to the results, there was a significant increase of stature and body mass, considering the evolution of the maturation stages. As for the body composition, it was possible to verify a significant decrease of subcutaneous adipose tissue as the maturation level increases, while the systematized training did not influence the amount of body fat. As for the somatotype, the results indicate there was no difference between the groups, nor between the maturation stages, though there has been a significant difference of the ectomorphy in the interaction between training and maturation. There was a significant influence of training in the motor tests, when the TG individuals obtained higher values in all the tested variables. On the other hand, considering maturation, the values of the tests vary according to the tested variable, and there were no differences in the tests that indicate the aerobic power, the anaerobic power of the legs and the anaerobic capacity of the abdominal muscle. Although, it was verified a positive influence of maturation in the tests, indicating the power and the anaerobic capacity of arms
Subject: Crescimento
Composição corporal
Desenvolvimento motor
Maturidade sexual
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2006
Appears in Collections:FEF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Mortatti_ArnaldoLuis_M.pdf1.88 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.