Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/274700
Type: DISSERTAÇÃO DIGITAL
Degree Level: Mestrado
Title: Diferenças, inclusão e educação física = significados produzidos pelas crianças = Differences, inclusion and physical education: meanings produced by children
Title Alternative: Differences, inclusion and physical education : meanings produced by children
Author: Ferreira, Flávia Martinelli
Advisor: Daolio, Jocimar, 1958-
Abstract: Resumo: Este trabalho teve como objetivo central compreender como as diferenças e os significados são produzidos nas aulas de educação física por crianças do quarto ano do ensino fundamental da Prefeitura de Jundiaí - SP. O grande empenho foi compreender o proposto a partir das dinâmicas culturais infantis, considerando as crianças envolvidas ativamente neste processo de diferenciação. A pesquisa de cunho etnográfico foi realizada ao longo de dois bimestres letivos com uma turma formada por vinte e seis alunos (oito meninos e dezoito meninas). Além das aulas de educação física, compõem este estudo os momentos de entrada e saída da escola, os tempos de recreação e outros dias letivos pertinentes. Os caminhos tomados ao longo deste estudo levaram em conta a necessidade de elaborar uma "descrição densa" para que as exposições e observações dispostas fossem capazes de considerar os significados envolvidos nas ações das crianças e suas hierarquias; caminhos estes que foram guiados pela diferença entre os atores sociais envolvidos neste processo. O estudo de cunho etnográfico realizado nos permitiu traduzir o que as observações e as crianças tinham a dizer sobre o tema. Estas análises e seus relatos foram ordenados posteriormente em eixos de interpretação tais como: o "saber fazer bem" nas aulas de educação física, as diferenças e desigualdades experimentadas pelas crianças e os momentos que insinuavam inclusões e exclusões ao longo do processo educativo. Ao longo dos bimestres, compreendemos que os significados atribuídos às ações e às diferenças eram construções sociais estabelecidas entre os pares nas aulas de educação física. Neste sentido, considerar as diferenciações como produções sociais é argumentar a favor de estratégias pedagógicas e curriculares para abordar estas diferenças, discutindo suas produções e os mecanismos envolvidos em sua criação e fixação. A pesquisa realizada contribui, portanto, para o entendimento que são necessárias estratégias que expliquem os processos de produção das diferenciações, fornecendo à discussão sobre as diferenças um lugar importante no campo acadêmico da educação física

Abstract: The main goal of this research is to comprehend how differences and meanings are produced during physical education classes by children of the 4th year of elementary schools of the city of Jundiaí ¿ SP. A great effort has been made in order to comprehend this through the children¿s cultural dynamics, considering the children who were actively involved in this process of differentiation. This research, of ethnographical approach, was carried out during four school months in which we observed a class composed of twenty-six students (eight boys and eighteen girls). The observations happened not only during the physical education classes, but also during the arrival and departure of the students, as well as other relevant school days. During this study we considered the need to elaborate a "thick description" in order for them to allow us to consider the meanings involved in the children¿s actions and its hierarchies; the paths we took during the research were guided by the difference between the social actors involved in the process. The ethnographical approach allowed us to translate what the observations and the children had to say about the theme. These analysis and their reports were later ordered in interpretative guidelines, such as: knowing how to do things well in physical education classes; differences and inequalities experienced by the children; and the moments that implied inclusions and exclusions throughout the educative process. Throughout the four months, we understood that the meanings attributed to the actions and differences were social constructions established among peers during the physical education classes. In this sense, considering the differentiations as social productions is arguing in favor of pedagogical and curricular strategies to approach these differences, discussing their production and the mechanisms involved in their creation and establishment. The contribution of the research is in the sense of understanding the need of strategies that explain the production processes of these differentiations, giving an important role to the discussion about differences in the academic field of physical education
Subject: Educação física escolar
Diferenças
Inclusão
Cultura infantil
Editor: [s.n.]
Citation: FERREIRA, Flávia Martinelli. Diferenças, inclusão e educação física: significados produzidos pelas crianças = Differences, inclusion and physical education: meanings produced by children. 2015. 1 recurso online ( 129 p.). Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação Física, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/274700>. Acesso em: 29 ago. 2018.
Date Issue: 2015
Appears in Collections:FEF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ferreira_FlaviaMartinelli_M.pdf3.65 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.