Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/27369
Type: Artigo de periódico
Title: Prevalência de cárie radicular e condição periodontal em uma população idosa institucionalizada de Piracicaba - SP
Title Alternative: Prevalence of root caries and periodontal conditions in an elderly institutionalized population from Piracicaba - SP
Author: MENEGHIM, Marcelo de Castro
PEREIRA, Antonio Carlos
SILVA, Fábio Rodrigo Biasin
Abstract: Preventive and invasive dental procedures have improved in the last two decades, leading to a greater longevity of teeth. As a result, teeth are more susceptible to periodontal diseases and, consequently, to root caries. The purpose of this study was to verify the prevalence of both periodontal diseases and root caries in an institutionalized population from Piracicaba - SP, Brazil. In this study, 151 subjects, aging 54 to 93 years, were examined. The sample was divided into two groups: a group of subjects aging 50 to 75 years and a group of subjects over 75 years old. The sextants were examined and classified as to periodontal health, periodontal treatment needs, prevalence of gingival recession and root lesions. In conclusion, a high prevalence of root caries was verified. That indicates an increase in the susceptibility to these lesions, which is associated with the aging process.
A evolução dos procedimentos preventivos e curativos em Odontologia, verificados nas duas últimas décadas, levou a uma maior longevidade dos elementos dentários, acarretando com isso, uma maior demanda por tratamento periodontal e, em especial, cárie radicular no paciente idoso. O presente estudo teve como objetivo verificar as condições periodontais e lesões radiculares, de uma amostra de população institucionalizada do município de Piracicaba - SP. Nesse estudo, foram examinados 151 idosos com idade entre 54 e 93 anos. Os sextantes foram examinados e classificados do ponto de vista de saúde periodontal, necessidade de tratamento periodontal, presença de retração gengival e lesões radiculares, utilizando-se como critérios os indicadores da OMS (1999). Comparando-se duas faixas etárias: de pacientes com idade entre 50 e 75 anos e pacientes com idade acima de 75 anos, constatou-se que há um aumento na prevalência de lesões de cárie e outras afecções radiculares, como erosão e abrasão, indicando aumento na susceptibilidade a tais lesões com o passar da idade.
Subject: Odontologia geriátrica
Epidemiologia
Cárie radicular
Geriatric dentistry
Epidemiology
Root caries
Editor: Sociedade Brasileira de Pesquisa Odontológica e Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo
Rights: aberto
Identifier DOI: 10.1590/S1517-74912002000100009
Address: http://dx.doi.org/10.1590/S1517-74912002000100009
http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-74912002000100009
Date Issue: 1-Mar-2002
Appears in Collections:Unicamp - Artigos e Outros Documentos

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
S1517-74912002000100009.pdf281.08 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.