Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/271189
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Tempo e aspecto gramatical no Déficit Específico de Linguagem
Title Alternative: Tense and grammatical aspect in Specific Language Impairment
Author: Arvigo, Maria Cláudia, 1980-
Advisor: Lopes, Ruth Elisabeth Vasconcellos, 1960-
Abstract: Resumo: Crianças acometidas pelo Déficit Específico de Linguagem (DEL) apresentam dificuldades na composição da estrutura gramatical de sua língua. Uma das dificuldades mais documentadas refere-se à morfologia de tempo, sendo que esta categoria funcional pode ser omitida assistematicamente ou substituída de forma irregular. Tempo e Aspecto encontram-se relacionados intrinsecamente, impossibilitando o estudo do primeiro sem a observação do segundo. Estudos anteriores referem que crianças com DEL apresentam bom reconhecimento de temporalidade (passado, presente e futuro), mas encontram relativa dificuldade em compreender a relação entre eventos completos/ incompletos e o passado progressivo (aspecto gramatical imperfectivo). Este comportamento seria resultado de uma baixa sensibilidade às propriedades aspectuais, evidenciada pela pouca ou nenhuma variação do desempenho com relação ao aspecto lexical. Tais resultados referem-se a pesquisas com crianças anglófonas, já o presente estudo buscou verificar se o mesmo ocorre em crianças com DEL adquirindo o português brasileiro. Resultados encontrados demonstram que os indivíduos participantes apresentam variações em seu comportamento que podem ser atribuídas à presença do aspecto lexical, enfraquecendo a hipótese da insensibilidade aspectual, ao menos no que se refere ao português brasileiro. Outra questão abordada foi a distinção entre evento e não-evento por meio de pares de figuras representando um evento e um objeto tanto com verbos e nomes existentes na língua como com palavras novas ou pseudopalavras. O que se viu foi o melhor desempenho com verbos, demonstrando sensibilidade às pistas morfológicas ao menos com palavras pertencentes ao léxico

Abstract: Children affected by the Specific Language Impairment (SLI) have difficulties with the composition of the grammatical structure of their language. One of the most documented difficulties concerns the tense morphology, a functional category that can be unsystematically omitted or irregularly replaced. Tense and Aspect are intrinsically linked, making it impossible to study the first without observing the latter. According to previous researches, children with SLI show good recognition of temporality (past, present and future), but find relative difficulty in understanding the relationship between complete/ incomplete events and past progressive (imperfective grammatical aspect). This behavior would be the result of a low sensitivity to the aspectual proprieties, evidenced by little or no change in performance with regards to lexical aspect. These results have been seen in other researches with English-speaking children, and this study sought to verify whether the same occurs in children with SLI acquiring Brazilian Portuguese. Results have shown that individuals vary in their behavior, which can be attributed to the presence of lexical aspect, weakening the hypothesis of aspectual insensitivity, at least in relation to Brazilian Portuguese. Another issue discussed was the distinction between event and nonevent by means of pairs of figures representing an event and an object with both real verbs and real nouns as with new verbs and nouns or pseudo-words. What we saw was that the best performance happened with verbs, demonstrating sensitivity to morphological clues at least with words belonging to the lexicon
Subject: Déficit Específico de Linguagem em crianças
Gramática comparada e geral - Análise
Gramatica comparada e geral - Tempo verbal
Gramatica comparada e geral - Lexicologia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2011
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Arvigo_MariaClaudia_M.pdf2.26 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.